Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/03/20 às 23h57 - Atualizado em 25/03/20 às 15h48

Bolsa alimentação das creches será creditada até a próxima quarta, 1/4

COMPARTILHAR

Secretaria divulga nesta quarta-feira data e locais onde os cartões serão entregues

 

Da Redação, Ascom/SEEDF

 

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

 

O dinheiro da bolsa alimentação para as crianças atendidas pelas creches credenciadas pelo GDF será creditado até a próxima quarta-feira, 1/4, no máximo. As famílias vão receber R$ 60 por criança matriculada.

 

A bolsa é de R$ 150 por mês e será paga proporcionalmente ao período em casa a partir da publicação de portaria regulamentando o programa, na edição extra B do DODF desta terça-feira, 24/3, até 5 de abril, quando está previsto o fim da suspensão das aulas. A edição saiu às 2h da manhã desta quarta.

 

Caso o prazo de suspensão seja prorrogado, a bolsa continuará sendo paga.

 

Cerca de 22 mil crianças receberão o benefício. O valor total do investimento durante a suspensão das aulas é de R$ 1,250 milhão.

 

Os cartões do BRB começarão a ser entregues esta semana em locais a serem divulgados pela Secretaria nesta quarta-feira (25). Para evitar aglomerações, os cartões serão entregues em grandes escolas, uma por regional de ensino da região onde as creches estão localizadas. A entrega está sendo organizada para ser feita de forma gradativa.

 

O cronograma com os locais de entrega está sendo finalizado pela SEEDF. Todos os servidores estarão preparados para receber os beneficiários.

 

O governador decidiu criar a bolsa após a decisão judicial que obrigou as creches a fecharem as portas. A bolsa alimentos já contempla os 106 mil estudantes que usufruem do cartão material escolar.

 

Os dados completos do atendimento em CEPIs e Conveniadas na página Nossa Rede

 

Decreto da quinta-feira, 19/3, criou os meios para o pagamento da bolsa alimentos para as creches, estabelecendo que a Secretaria de Educação adote medidas para reduzir o valor dos contratos das creches conveniadas enquanto durar a suspensão prevista pela decisão judicial proferida na Ação Civil Pública 0000254-50.2020.5.10.0007, que tramita na 7ª Vara do Trabalho de Brasília-DF. O valor da redução será destinado à bolsa alimentação para as crianças.