Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/21 às 19h59 - Atualizado em 24/05/21 às 10h20

Começa vacinação da educação

COMPARTILHAR

Primeiro dia de imunização na UBS 1 do Guará ocorre com tranquilidade e organização. Plano recomeça na segunda-feira

 

Por Íris Cruz | Ascom/SEEDF 

 

Saúde e educação juntas na luta pela vacina. Foto: Álvaro Henrique | Ascom/SEEDF

 

A sexta-feira, 21, foi especial para os educadores do Distrito Federal:  começou, ao som de talentos da escola de música de Brasília e muita emoção, a vacinação dos profissionais de educação, na UBS 1 do Guará (QI 06 Área especial, Lote A).

 

O início da vacinação aconteceu com profissionais de creches públicas e privadas e gestores escolares da rede pública. Esse grupo soma aproximadamente 12,5 mil pessoas.

 

Além do secretário, estiveram presentes na estreia da vacina o vice-governador Paco Britto, o secretário executivo da Secretaria de Educação, Fábio Sousa, e o subsecretário de vigilância à saúde, Divino Valério.

 

Começou a campanha de vacinação dos profissionais de educação e é uma grande alegria. Uma grande vitória. Serão vacinados todos os 80 mil profissionais que trabalham na rede pública do Distrito Federal“, afirmou Leandro Cruz durante o evento.

 

A vacinação dos profissionais de educação acontece na UBS 1 do Guará. Foto: Álvaro Henrique | Ascom/SEEDF

 

Já o secretário executivo, Fábio Sousa, destacou a importância dos profissionais ficarem atentos aos calendários que serão divulgados periodicamente com os próximos grupos a receberem as doses.

 

A Secretaria de Educação publicará em seu site todas as listas de convocados, com os nomes, escolas e horários de vacinação.

 

img-responsivaClique aqui para ver a segunda lista do Plano de Vacinação da Educação.

 

Lembramos que todos os profissionais serão vacinados. Estamos falando de carreira de assistência, merendeiros, professores e todos os outros. O importante é sempre observar o seu dia de vacinação“, acrescentou o secretário executivo.

 

Juntos pela educação e saúde

 

Para representar a conquista social que é a vacinação dos profissionais de educação, o vice-governador Paco Britto cumprimentou o secretário de Educação e disse: “É com grande prazer que estamos aqui representando o governador Ibaneis Rocha nessa vacinação tão importante para a população do Distrito Federal. Agora as creches podem abrir gradativamente com toda segurança“.

 

O subsecretário de vigilância à saúde, Divino Valério, também se posicionou. Ele falou sobre a importância da parceria entre saúde e educação em um contexto de crescimento social: “Educação e saúde não são coisas separadas. Nosso esforço é unido e coeso pelo mesmo motivo: a vida. Quando se fala em vida é importante trabalhar a vida em um contexto de prevenção, que é a vacina, e da educação, que é a importância de se vacinar. Eu não vejo casamento mais profícuo do que esse“.

 

O Secretário Leandro Cruz acompanhou todo o primeiro dia de vacinação dos profissionais de educação. Foto: Álvaro Henrique | Ascom/SEEDF

 

A emoção invade o ambiente

 

Diferentes profissionais demonstraram a gratidão em receber a primeira dose da vacina. Joriver Correira da Cruz trabalha no preparo de merenda no CEI 3 de Brazlândia e, ao ser vacinado, disse: “Estou me sentindo muito feliz e realizado. Agradeço muito à Secretaria de Educação“.

 

A professora de educação infantil do CEI 1 de Brasília, Renata Lima, também se emocionou ao ser vacinada. “Estou muito feliz e emocionada nesse momento. Muito obrigada!“, falou.

 

“Receber a primeira dose de vacina foi como uma primeira dose de esperança”, disse a diretora Eliana Coutinho. Foto Murilo Marconi | SEEDF

 

A diretora da Escola Classe 2 de Vicente Pires, Eliana Coutinho, descreveu a vacinação como momento de alívio, emoção e gratidão. “Receber a primeira dose de vacina foi como uma primeira dose de esperança, alegria e recompensa por toda dedicação. Gratidão e fé em Deus resume tudo“, disse a diretora, que esteve presente na escola durante todo o momento de aulas remotas.

 

Começa vacinação da educação