Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/03/18 às 17h50 - Atualizado em 30/10/18 às 14h09

Espaço Green Nation empolga estudantes

COMPARTILHAR

Uma aula diferente fora da escola com muita arte e experiências interativas no 8º Fórum Mundial da Água

 

Thaís Rohrer, Ascom/SEEDF

 

Daniel Fama | Fotografia

Experiências relacionadas à água foram sentidas, degustadas e vividas intensamente pelos estudantes da Secretaria de Estado e Educação DF (SEEDF) que visitaram o espaço Green Nation, no 8º Fórum Mundial da Água, nesta terça-feira (20). Cada instalação desse circuito era uma oportunidade para a aventura com o recurso hídrico.

 

A visita incluía aspectos lúdicos e atuais na experiência dos alunos, já que as instalações abrangem arte, sensorialidade, interatividade, despertando emoções e sensações.

 

A jornada começa com um voo de Asa Delta com óculos de realidade virtual, fone de ouvido e outros apetrechos que envolvem o estudante para um passeio. O início é com o salto na Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro. Depois, passa pelas águas de outras cidades, como Foz do Iguaçu, no Paraná, e Bonito, no Mato Grosso do Sul.

 

Outra experiência que deixou os estudantes empolgados foi a visita no espaço da Estação Antártica, com geleiras e temperatura baixa por todos os cantos. O ambiente também tem uma réplica da Estação Antártica Comandante Ferraz, base brasileira no continente gelado, localizada na ilha do Rei George. Lá, os alunos podem conhecer laboratório, dormitório, comida dos cientistas na estação e muito mais. Para finalizar esse momento, tem até “flocos de neve” na visita.

 

Daniel Fama | Fotografia

“Essa experiência de hoje foi muito positiva. Eu gostei muito do [espaço] Green Nation e tudo que vivemos aqui. Vou levar essas informações para minha vida e falar para meus filhos e netos no futuro”, destaca Paulo Serra, estudante do 9º ano do Centro de Ensino Fundamental nº 4 de Sobradinho.

 

O espaço instalado no Fórum Mundial da Água abre um leque de atrações que contam com passeio de submarino no fundo do oceano; estação de reciclagem de lixo; projeto de adoção de uma árvore, experiências de alimentação saudável com sucos de frutos do cerrado e regionais, startups com projetos na área de da economia de água; jogo virtual sobre a escassez de água e até loja com roupas que não utilizam a água na produção têxtil.

 

“Os alunos realmente ficaram encantados com a estrutura do Fórum e a oportunidade de conhecer tantos projetos. Hoje tivemos uma aula fora da escola em que os alunos foram os protagonistas em diversas atividades. As informações aprendidas aqui seguirão nas aulas da nossa escola”, conta Taiana Carrejo, vice-diretora do CEF 4 de Sobradinho.

 

Daniel Fama | Fotografia

Os estandes do Green Nation têm educadores e atores que contextualizam os visitantes e transportam os alunos para as vivências com a água de cada espaço.

 

“Esse processo multidisplinar e pedagógico das experiências vividas aqui é transformador. Esses

momentos vão levar a uma reflexão daqueles que passam por aqui. Especialmente os estudantes, tem uma janela de conhecimento e informação aberta para dar continuidade sempre nesses temas de água e consciência ambiental”, frisa Marcos Didonet, fundador e diretor do Green Nation.

Contação de histórias

Hoje é Dia do Contador de Histórias e é claro que teve espaço para essas narrativas lúdicas no Fórum. As crianças da Escola Classe nº 43 da Ceilândia ficaram atentas às palavras da contadora de história Sumaya Dounis. Ela guiou as crianças para um momento com músicas que retratavam o uso consciente da água.

 

“A água não está no Planeta sozinha. Ela faz parte de um contexto dentro da natureza, na vida,  na economia e tantos outros pontos. A ideia é que as crianças reflitam um pouco mais sobre a ideia do ser, em vez do ter”, conta Sumaya.

8º Fórum Mundial da Água - 20/3/18

Leia também...