Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/20 às 10h30 - Atualizado em 7/02/20 às 10h40

✳ Estudantes especiais ganham Cartão Material Escolar


Pela primeira vez, beneficiários do Bolsa Família matriculados na etapa serão contemplados por Cartão Material Escolar

 

Nathália Borgo, Ascom/SEEDF

 

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

 

A adaptação e a aprendizagem dos estudantes do Ensino Especial em 2020 serão ampliadas com o benefício do Cartão Material Escolar (CME). Uma lista abrangente de 172 itens foi elaborada pela Secretaria de Estado de Educação (SEEDF), com materiais didáticos-pedagógicos de uso individual e pessoal, que poderão ser comprados nas papelarias credenciadas para atender ao Programa Cartão Material Escolar em 2020. Serão creditados R$ 320, a partir desta quarta-feira (5), para estudantes beneficiários do Bolsa Família que já faziam parte do programa em 2019, permaneceram em 2020 e, por isso, já possuem o cartão físico.

 

Item por item da lista inédita para a etapa será selecionado de acordo com o grau de deficiência de cada aluno, conforme avaliação do professor responsável nos Centros de Ensino Especial e nas classes especiais. “O foco é atingir pontualmente cada estudante, com atendimento especializado. A lista abre portas para o uso de materiais mais adaptados”, ressalta a diretora de Educação Inclusiva da Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral (Subin), Riane Natália Soares Vasconcelos.

 

A avaliação dos professores do Ensino Especial será realizada na primeira semana do ano letivo. Para aqueles que já fazem parte da rede, o processo será mais ágil, tendo em vista o relacionamento entre os docentes e alunos. Os que foram matriculados este ano terão um prazo para essa análise. Todos os pais vão receber a lista na própria escola com os materiais determinados conforme as necessidades especiais do estudante, a serem comprados com o Cartão Material Escolar.

 

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

De acordo com a gerente da Educação Inclusiva, Roseane Badú, a lista era pensada antigamente de maneira geral. A partir da novidade, amplia a possibilidade do uso de tecnologias avançadas nas escolas. “Tentamos fazer uma lista que abarcasse o maior número possível de deficiências. A partir dessas necessidades o professor fará a seleção. Então, é uma lista personalizada e esse material é individual. Em determinados locais, eles vão poder levar para casa, em outros, vão deixar na escola e fazer o uso sempre que necessário”, explica.

 

Pais dos estudantes novatos da rede pública de ensino do DF devem se dirigir às escolas entre os dias 19 e 27 de fevereiro para buscar o Cartão Material Escolar. O crédito, nesse caso, será liberado a partir de 28 de fevereiro. A data limite para uso do CME é 5 de maio. Valores não utilizados serão devolvidos à SEEDF.

 

Uniforme gratuito 
Em 2020, todos os estudantes do Ensino Especial também serão contemplados com a oferta do kit de uniformes nas escolas. Serão entregues, gratuitamente, duas bermudas ou dois shorts-saia, uma calça comprida, um casaco de capuz, três camisetas de manga curta e um par de tênis. A chegada dos primeiros kits está prevista para até o mês de abril.