Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/02/20 às 16h33 - Atualizado em 13/02/20 às 19h55

✳ GDF inaugura EC JK para mais de 900 estudantes do Sol Nascente


Esta é a terceira escola inaugurada na atual gestão. Mais cinco (CEPIs) serão inauguradas nos próximos dias

 

João Gabriel Amador, Ascom/SEEDF

 

A colorida JK tem salas de vídeo, música, artes e leitura, laboratório de ciências, brinquedoteca e cozinha experimental. Foto: Divulgação

 

Nesta quinta-feira (13/02), às 11 horas, o vice-governador Paco Britto, representando o governador Ibaneis Rocha, vai inaugurar a terceira unidade da gestão: é a Escola Classe Juscelino Kubitschek , que vai atender 950 alunos do ensino infantil (4 e 5 anos) e dos anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano) em um terreno com 4.550 m².  As aulas começaram na segunda-feira (10/02). No ano passado, o governador inaugurou os Centros de Educação de Primeira Infância (CEPIs) Azulão e Bambu, em Samambaia, beneficiando 350 crianças, e nas próximas duas semanas vai inaugurar outros cinco.

 

“Vamos entregar muitas escolas até 2022. Estamos finalizando um plano de obras para corrigir as distorções naturais causadas pelo crescimento desordenado de algumas regiões do Distrito Federal”, afirma o secretário de Educação, João Pedro Ferraz, explicando que embora o número de matrículas venha se mantendo estável, estas regiões tiveram uma expansão muito rápida. O plano também considera construir escolas de forma a reduzir os gastos com transporte. A Secretaria fez este diagnóstico em 2019 e a partir de agora vai acelerar a construção de escolas.

 

O pátio foi projetado para a proteção das crianças. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

JK

Localizada na Quadra 500 do trecho 01 do Sol Nascente , a escola oferece aos estudantes um espaço com 16 salas de aula – oito para a educação infantil e oito para o ensino fundamental; salas de vídeo, música, artes e leitura, laboratório de ciências, brinquedoteca e cozinha experimental.

 

A estrutura também pode receber a comunidade escolar. A unidade vai beneficiar famílias dos 88.577 mil moradores da 32ª região administrativa do DF, Sol Nascente/Pôr do Sol, conforme dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan).

 

O ginásio é coberto e preparado para o antes e após os exercícios, com vestiários equipados com duchas. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

Colorido e acessível, o espaço é lúdico, tem pátios com pisos emborrachados para proteção das crianças, proporciona a interação dos estudantes e propicia estudos multidisciplinares, com o contato com a horta e o teatro de arena. Na educação física, os estudantes são protegidos por um ginásio coberto e preparado para o antes e após os exercícios, com vestiários equipados com duchas.

 

CEPIs
Os CEPIs Azulão e Bambu, em Samambaia, abriram as portas em julho e agosto do ano passado, respectivamente. As unidades contam com prédios adequados ao público, de zero a cinco anos, com salas adaptados e ambientes propícios ao aprendizado infantil.

 

Nas próximas duas semanas, estão previstas as inaugurações de outras cinco unidades do tipo, ofertando 900 novas vagas em creches. São eles os CEPIs Papagaio, em Ceilândia; Cajuzinho, no Lago Norte; Periquito e Bem-te-Vi, em Samambaia; e o Parque dos Ipês, em São Sebastião.

 

Acordo Judicial
Um acordo judicial entre o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios e a construtora Paulo Octávio garantiu o financiamento da construção da EC JK, no Sol Nascente, com projeto desenvolvido pela equipe de arquitetos da Secretaria de Educação.