Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/07/21 às 16h07 - Atualizado em 8/07/21 às 16h07

Hora de recomeçar

COMPARTILHAR

Educação de Jovens e Adultos contribui para novos projetos de vida e contempla estudantes, a partir dos 15 anos

 

Por Aldenora Moraes | Ascom/SEEDF

 

Após uma vida dedicada à mãe, Graça, aos 68 anos, busca um recomeço por meio dos estudos. Foto: Robson Dantas | Ascom/SEEDF

 

Ao conversar com a estudante da Educação de Jovens e Adultos (EJA) Maria das Graças Veríssimo Batista é difícil acreditar que mais de 50 anos a separam das carteiras escolares. Articulada e de fala mansa, ela conta que, com a morte recente da mãe, decidiu retomar os estudos. “Decidi trilhar outros caminhos e fui ao Centro Educacional (CED) 02 do Cruzeiro para buscar informações, mas fui tão bem acolhida que já saí de lá matriculada“, explica.

 

img-responsiva
img-responsiva
img-responsiva
img-responsiva

O podcast EducaDF  desta semana conta a trajetória da estudante Graça Veríssimo que, após mais de 50 anos, retomou os estudos em uma turma da EJA. A modalidade tem contribuído para novos projetos de vida e as matrículas para o 2º semestre já estão abertas. Confira o episódio nas plataformas de áudio. →

 

A família da Graça comemorou a retomada da irmã, mas a suspensão das aulas presenciais acrescentou mais um desafio à jornada escolar. “Nunca tive intimidade com tecnologia, então foi preciso contar com a família, que é minha rede de apoio”, afirma. Hoje já familiarizada com a plataforma, Graça sonha com o jornalismo, área que admira e incentiva os que têm o sonho de concluir o ensino médio.

 

Sempre é tempo para aprender

 

O diretor Wilson Júnior, do CED 02 do Cruzeiro, observa uma prevalência de mulheres e jovens na EJA. Segundo Wilson, muitas mulheres não tiveram oportunidade e, quando podem, voltam a estudar. Quanto aos jovens, alguns não concluem o ensino regular, mas retornam para estudar na EJA. “Essa nova chance dá a eles dignidade”, afirma.

 

O estudante Luís Oliveira é um desses casos em que a necessidade de trabalhar muito cedo impediu a conclusão dos estudos. “Percebi que perdia oportunidades profissionais porque não havia concluído o ensino médio. Fiz a EJA e me senti realizado e capacitado a alçar novos voos”, afirma.

 

EJA a distância e gratuita? Sim, nós temos!

 

Leia também
Inscrições para a Educação de Jovens e Adultos estão abertas
 

O Centro de Educação de Jovens e Adultos e Educação Profissional a distância de Brasília (Cejaep EAD) oferece EJA a distância. Essa é mais uma possibilidade oferecida pela Secretaria de Educação para dar oportunidade aos alunos que não podem frequentar a escola presencialmente. As matrículas estão abertas por meio do site www.cejaep.se.df.gov.br até o dia 11 de julho.

 

Não perca tempo!

 

Até o dia 18 de julho os interessados na EJA podem fazer sua inscrição pelo site da Secretaria de Educação ou pela Central 156, opção 2. As inscrições são destinadas aos alunos acima de 15 anos, que deixaram de concluir o ensino fundamental, e aos que têm acima de 18 anos e não finalizaram o ensino médio.

Leia também...