Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/12/19 às 16h15 - Atualizado em 9/12/19 às 12h17

IX Fórum de Orientação Educacional promove Educação para Inteireza

COMPARTILHAR

Neste ano, as escolas tiveram um grande reforço com a nomeação de mais de 500 orientadores

 

Aldenora Moraes, Ascom/SEEDF

 

 

O grupo brasiliense Batalá encerrou a celebração pelo dia do Orientador Educacional. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

Na semana em que se comemora o Dia do Orientador Educacional, cerca de 800 profissionais das escolas públicas do DF participaram nesta sexta-feira (6/12) do IX Fórum de Orientação Educacional, realizado no auditório do Centro de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (EAPE). A iniciativa promoveu uma grande celebração que contou com oficinas e a apresentação do Batalá, maior grupo de percussão feminino brasiliense.

 

“Este Fórum celebra a Educação para a Inteireza com uma abordagem socioemocional, entendendo esse profissional no seu integral. Proporcionando atividades e vivências que possam contribuir com seu desenvolvimento afetivo, emocional, psicossocial e dimensional”, explicou a gerente de Orientação Educacional da SEDF, Érika Goulart.

 

Durante as vivências os participantes contaram com um momento de Tai chi chuan, massagens relaxantes, alongamento com Yoga, espaço Poetize-se e estação do Brincar, onde muitos voltaram a ser criança. A psiquiatra Maria Henriqueta Camarotti, a psicóloga e vice-reitora da Universidade da Paz, Lydia Nunes Rebouças, e a orientadora educacional Michele Ribeiro promoveram um bate-papo sobre o tema Educação para Inteireza: uma abordagem socioemocional.

 

“Pesquisas recentes como o Pisa apontaram que o ambiente escolar tem um enorme efeito nas aprendizagens dos estudantes. O orientador educacional impulsiona a tessitura social dentro da escola. Eles fomentam um espaço de aprendizagem e para as aprendizagens e ajudam a construir e reconstruir as relações entre professores, alunos e família. É o profissional-chave para um ambiente escolar melhor”, explicou o subsecretário de Educação Básica, Helber Vieira.

 

A orientadora educacional Márcia Campello, do Centro de Ensino Fundamental 13 de Ceilândia era uma das participantes e elogiou a iniciativa. “O evento está maravilhoso, uma grande festa. Participei da Oficina de dança e, inicialmente, estava tímida, mas depois me soltei”, garantiu. A sala de Fit Dance era uma das estações dos Caminhos da Inteireza que promoveram atividades lúdicas aos orientadores.

 

O subsecretário André Lúcio explica o sucesso do Projeto Aprender Sem Parar. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

Para o subsecretário de formação continuada dos profissionais da educação, André Lúcio Bento, o evento com tantos orientadores é a concretização de um sonho. “A nomeação de 500 orientadores educacionais neste ano reitera nosso compromisso em oferecer uma educação de excelência e promover uma cultura de paz. O papel desses profissionais é imprescindível nas escolas”, defendeu André.

 

O projeto Aprender sem Parar, desenvolvido pela EAPE para os orientadores educacionais, é a primeira experiência de formação continuada ao longo de três anos. Além disso, os profissionais participam de percursos formativos comuns e individualizados, considerados imprescindíveis para a promoção da cultura de paz nas escolas.

 

O entusiasmo quanto ao evento também foi compartilhado pelos orientadores educacionais. Márcia Borto, do CAIC Professor Walter José de Moura, no Areal, reiterou a importância das atividades desenvolvidas nas escolas. “Nosso trabalho é preventivo em vários âmbitos. Orientamos o trabalho dos professores com os alunos, desenvolvemos projetos sobre bullying, orientação sexual, contra as drogas, mediamos conflitos que acontecem nas escolas, nas famílias”, afirmou.

 

Quanto aos desafios, a orientadora Andréia Cordeiro ressaltou a dificuldade no encaminhamento dos estudantes. “Muito precisam de um atendimento multiprofissional”. Já para Márcia Borto, “uma participação mais efetiva dos pais na escola ainda é um grande desafio para os orientadores”, finalizou.

 

📷 Mais fotos

 

Leia também...