Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Programas e projetos do Ensino Fundamental

PROGRAMA PARA AVANÇO DAS APRENDIZAGENS ESCOLARES – PAAE

O Programa para Avanço das Aprendizagens Escolares (PAAE) da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, com vigência de 2016-2018, aprovado pelo Conselho de Educação do DF por meio do Parecer nº 43/2016-CEDF e Portaria nº 69/SEDF, de 14 de março de 2016, visa orientar e normatizar as ações pedagógicas nas Unidades Escolares (UE) que possuem turmas com estudantes em defasagem idade-ano, ou seja, estudantes com dois ou mais anos de atraso da idade em relação ao ano escolar esperado.>>>>PROGRAMA PARA AVANÇO DAS APRENDIZAGENS ESCOLARES<<<<

OLIMPÍADAS DO CONHECIMENTO

As olimpíadas do conhecimento, também conhecidas como olimpíadas científicas, são competições para estudantes do Ensino Fundamental e Médio utilizadas como uma estratégia educacional para incentivar e promover a descoberta de novos talentos nas diversas áreas do conhecimento, além da popularização da ciência. São realizadas em nível nacional e, em alguns casos, internacional, por meio de torneios individuais ou em equipes. A premiação concedida aos participantes pode variar desde de certificações e menções honrosas a bolsas de iniciação científica, de acordo com cada olimpíada e etapa de ensino. Nos últimos anos a SEEDF vem consolidando sua participação nas olimpíadas, aumentando gradualmente o número de estudantes, professores e escolas envolvidos.

 

Cada olimpíada possui organização própria e público-alvo específico, e os interessados devem estar atentos às regras e condições para participar de cada uma. No início do ano a Diretoria de Ensino Fundamental (DIEF) divulga o conjunto das olimpíadas e auxilia professores e escolas, da SEEDF, no processo de inscrição, para participação nas seguintes Olimpíadas:

 

Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) – www.oba.org.br

Brasileira de Robótica (OBR) – www.obr.org.br

Brasileira de Informática (OBI) – olimpiada.ic.unicamp.br

de Língua Portuguesa (OLP) – www.escrevendoofuturo.org.br

Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (OBSMA) – www.olimpiada.fiocruz.br

Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) – www.obmep.org.br

Nacional de História do Brasil (ONHB) – www.olimpiadadehistoria.com.br

Brasileira de Química Júnior (OBQJr.) – www.obquimica.org

Brasileira de Química (OBQ) – www.obquimica.org

Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP) – www.obfep.org.br

Brasileira de Geografia (OBG) – www.obg.net.br

Brasileira de Linguística (OBL) – www.obling.org

Brasileira de Biologia (OBB) – www.anbiojovem.org.br

INSTITUTO HISTÓRICO GEOGRÁFICO DO DISTRITO FEDERAL – IHGDF

O Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal é uma entidade promotora de cultura e da pesquisa especializada em História e Geografia do Distrito Federal. Tem por objetivo atender estudantes e professores da rede pública e os professores do Programa Educacional “Distrito Federal: Seu Povo, Sua História”. As atividades estão estruturadas em 3 eixos de atuação: aula e visita guiada ao museu do IHGDF com atividades de educação patrimonial e educação ambiental; curso de formação para professores, intitulado “Distrito Federal: Seu Povo e Sua História”; orientação e acompanhamento de projetos e acesso à biblioteca Affonso Heliodoro dos Santos, que oferece um acervo de História e Geografia do Distrito Federal e História e Geografia Geral. O IHGDF atende a todas as etapas da educação básica e o ensino superior. Para agendamento de visitas ligar para: (61) 3226-6871.

PLANETÁRIO DE BRASÍLIA

O Planetário de Brasília constitui um museu de educação e divulgação científica que tem por finalidade apresentar a astronomia e ciências correlatas a população do Distrito Federal. Por meio de parceria entre SEEDF e SECTI professores são disponibilizados para imprimirem intencionalidade pedagógica às atividades científicas, culturais e artísticas. O Planetário acolhe estudantes e professores durante a semana, após agendamento de sessões pelo telefone (61) 3224-7970. O atendimento privilegia todas as etapas da educação básica, sendo as escolas públicas isentas de custos. Além dos filmes na cúpula é possível solicitar uma sessão comentada com visita guiada às exposições disponíveis. É, ainda, rotineira a realização de atividades temáticas como, por exemplo, concurso de redação, sarau, colônia de férias, feira de troca de livros, dentre outras iniciativas.

PROGRAMA ELEITOR DO FUTURO

O Programa contempla estudantes do ensino fundamental – anos finais e é oferecido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal em parceria com a SEEDF e tem como objetivo promover a inclusão social, política e econômica, por meio de palestras, distribuição de livretos educativos, debates acerca de temas de relevância social, formação de partidos políticos estudantis e atividade de eleição simulada semelhante ao pleito oficial. A implementação pedagógica do programa é feita pela unidade escolar, de forma interdisciplinar, fazendo com que os estudantes se mobilizem para desenvolver campanhas eleitorais de modo que ao final realize-se eleição, fictícia, com a utilização da urna eletrônica. Ao iniciar o ano letivo, por meio de circular, a Subsecretaria de Educação Básica (SUBEB) convida as escolas aderirem a ao Programa.

PROGRAMA INCLUSÃO SOCIAL DESDE À INFÂNCIA

O Programa é oferecido aos estudantes ensino fundamental – anos iniciais, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal em parceria com a SEEDF e tem como objetivo alinhar as principais necessidades sociais a tecnologia da urna eleitoral eletrônica, que personifica cinco representantes do folclore brasileiro (Vitória Régia, Curupira, Iara/Sereia, Negrinho do Pastoreio e Saci Pererê) aos temas de preocupação universal . De forma lúdica as lendas folclóricas são vinculadas a questões sociais de extrema importância e os candidatos do folclore apresentam suas propostas. A implementação pedagógica do programa é feita pela unidade escolar de maneira que os estudantes elejam os seus candidatos utilizando a urna eletrônica. Ao iniciar o ano letivo, por meio de circular, a Subsecretaria de Educação Básica (SUBEB) convida as escolas a aderirem ao Programa.

TIM FAZ CIÊNCIA – Instituto Tim

O programa TIM FAZ CIÊNCIA tem como objetivo promover o letramento científico aos estudantes do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, que encontram-se nos 4º e 5º anos, a partir de um ensino de ciência baseado em experiências e vivências de investigação, envolvendo a aplicação de sete operações intelectuais (definir, questionar, observar, classificar, generalizar, verificar e aplicar) na busca de resolução de problemas. O material didático utilizado pelos estudantes é fornecido pelo Instituto TIM, e a adesão ao projeto é feita após a divulgação pela SEEDF.

CÍRCULO DA MATEMÁTICA – Instituto TIM

O Programa objetiva despertar nos estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental o prazer pela matemática, potencializando assim as suas aprendizagens. O foco é na participação e cooperação dos estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental na construção de conhecimentos, tendo o professor como mediador desse processo. Os professores interessados podem realizar a inscrição no programa, após a divulgação pela SEEDF.

PROJETOS CIDADÃO DO FUTURO E JOVEM CIDADÃO

A SEEDF e a Câmara Legislativa do Distrito Federal – CLDF, oferecem aos estudantes de Ensino Fundamental e Ensino Médio, respectivamente, os projetos “Cidadão do Futuro” e “Jovem Cidadão”. Destinados às unidades escolares selecionadas, as atividades incluem visita à CLDF, com palestra e visita guiada pelas dependências do órgão e, ao final, distribuição de lanche e kit cidadão para os estudantes e professores envolvidos.

PAPAI NOEL DOS CORREIOS

O Projeto Papai Noel dos Correios vem da parceria entre os Correios, a SEEDF e a sociedade civil que juntos organizam-se para garantir um natal mais solidário e alegre aos estudantes da Rede Pública de Ensino, que encontram-se em situação de vulnerabilidade social. Assim, tem como objetivo criar condições para que os estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, tenham atendidos os pedidos feitos ao Papai Noel. O projeto incentiva o hábito da leitura e escrita, pois estimula a confecção das cartas nas quais os estudantes descrevem os seus pedidos de natal. Anualmente são atendidas aproximadamente 15.000 cartas.

PROJETO DE EMPREENDEDORISMO E NEGÓCIOS

O projeto de Empreendedorismo e negócios oferecido pela Associação Junior Achievement visa oferecer aos alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, médio e técnico orientações práticas de empreendedorismo, negócios, meio ambiente e ética, mediante utilização e distribuição, aos estudantes, de material didático específico. As atividades acontecem na própria unidade escolar com a participação de um formador indicado pela instituição para desenvolver a metodologia do projeto.

O QUE VOCÊ TEM A VER COM A CORRUPÇÃO?

O projeto “O que você tem a ver com a corrupção?”, do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – (MPDFT) tem como objetivo de conscientizar a sociedade, especialmente crianças e adolescentes, sobre a importância da honestidade e transparência das atividades cotidianas. Para tal, o MPDFT realiza palestras para jovens do Ensino Fundamental – Anos Finais e do Ensino Médio, nas próprias escolas. As palestras têm como foco a formação do ser humano, com vistas ao exercício da cidadania plena, tendo a área da Educação como instrumento difusor e o princípio da ética como elemento norteador. Ao iniciar o ano letivo, por meio de circular, a Subsecretaria de Educação Básica (SUBEB) convida as escolas a aderirem ao Projeto.

METRÔ SOLIDÁRIO (METRÔ/DF)

O projeto Metrô Solidário, da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal – METRÔ/DF, visa coordenar projetos de interesse social e cultural, em interface com a mobilidade urbana sobre trilhos e a comunidade local. A SEEDF em parceria com o METRÔ/DF desenvolve o eixo “Educação para Mobilidade sobre Trilhos” que subdivide-se em 2 projetos: a) Metrô Acessível – Construindo Pontes, que contempla estudantes do ensino especial, envolve temas sobre inclusão social e acessibilidade no intuito de formar passageiros conscientes, por meio de palestras e visitas monitoradas, despertando nos estudantes, novos interesses e conhecimentos, de forma lúdica e interativa; b) A Educação nos Trilhos, que contempla estudantes do Ensino Fundamental Anos Iniciais, visa apresentar a mobilidade sobre trilhos e a história do Metrô-DF, além de vivenciar as normas de segurança e de sinalização, entre outros aspetos educativos.

DIÁLOGO DE CIÊNCIAS

Realizado desde 2015, em duas edições anuais, o Diálogo de Ciências é promovido pela Subsecretaria de Educação Básica – SUBEB, por intermédio da Coordenação de Políticas Educacionais para Educação Infantil e Ensino Fundamental/Diretoria de Ensino Fundamental, em parceria com as Coordenações Regionais de Ensino. O Encontro tem como objetivo socializar projetos/ações na área de ciências da natureza que estimulem a criticidade, criatividade, autonomia e letramento científico, por meio de vivências e projetos interdisciplinares realizados por professores no âmbito das unidades escolares de anos iniciais. Essa ação busca fomentar o ensino de ciências da natureza nas escolas de anos iniciais, valorizar e divulgar as experiências pedagógicas realizadas nas escolas e enriquecer o processo de aprendizagem a partir de situações didático-pedagógicas que oportunizam a inter-relação entre teoria e prática.

UM POR TODOS E TODOS POR UM! PELA ÉTICA E CIDADANIA

Programa “Um por Todos e Todos por Um! Pela Ética e cidadania”, parceria entre a SEEDF e o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), tem o objetivo de estimular os futuros cidadãos a se envolverem com as questões sociais e proporcionar uma formação crítica, criando o ambiente necessário para que tomem consciência de seus direitos e deveres. O material didático-pedagógico utilizado pelos estudantes do 4º ano do Ensino Fundamental – anos iniciais é ilustrado por personagens da Turma da Mônica e objetiva disseminar entre eles valores relacionados à democracia, participação social, respeito à diversidade, autoestima, responsabilidade cidadã e interesse pelo bem-estar coletivo. Atualmente 92 unidades escolares participam deste Programa.

EMBAIXADA DE PORTAS ABERTAS

O programa Embaixada de Portas Abertas, parceria da SEEDF com a Assessoria Internacional da Governadoria do Distrito Federal, busca oportunizar aos estudantes do Ensino Fundamental – Anos Finais o conhecimento da história, geografia, cultura e tradições de países diversos, bem como da carreira diplomática e das rotinas diplomáticas e consulares. Oferece, também, às representações diplomáticas, a oportunidade de entrar em contato com o corpo discente de diferentes Regionais Administrativas do Distrito Federal.

ESCOLA NA CÂMARA

O programa busca estreitar o relacionamento entre o parlamento e a escola. A ideia é aproximar os estudantes do Ensino Fundamental com a Câmara dos Deputados, de modo que eles possam conhecer os espaços onde as leis são discutidas e aprovadas e ver de perto onde o parlamentar desenvolve o seu trabalho. As atividades do programa acontecem em dois momentos: o primeiro na própria unidade escolar, com a visita de um representa da Câmara dos deputados, e o segundo na própria Câmara dos Deputados, com a visita guiada dos estudantes e professores.

GLOBE

O GLOBE (Aprendizagem Global e Observações para beneficiar o meio ambiente) é um programa internacional de ciência e educação que proporciona aos estudantes do Ensino Fundamental e Médio, em todo o mundo, a oportunidade de participar na coleta de dados, aprender sobre processo científico e contribuir significativamente para a nossa compreensão do sistema terrestre e meio ambiente global. Tem como objetivo promover o ensino e a aprendizagem das ciências, melhorar a educação ambiental e a descoberta científica por parte dos estudantes, assim como o interesse pela ciência, tecnologia, inovação e meio ambiente, identificando talentos, gerando uma rede de multiplicadores de conhecimento e incentivando a vocação de futuros pesquisadores, técnicos e empreendedores.

PACTO NACIONAL PARA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA – PNAIC

O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental.

As Ações do Pacto apoiam-se em quatro eixos de atuação:

1. Formação continuada presencial para os professores alfabetizadores e seus orientadores de estudo;

2. Materiais didáticos, obras literárias, obras de apoio pedagógico, jogos e tecnologias educacionais;

3. Avaliações sistemáticas;

4. Gestão, mobilização e controle social.

No Distrito Federal todas as ações inerentes ao PNAIC estão vinculadas a Gerência de Acompanhamento dos Anos Iniciais (GFAI)/Diretoria de Ensino Fundamental(DIEF), em parceria com os Centros de Referência para os Anos Iniciais (CRAI) das 14 Coordenações Regionais de Ensino da SEEDF.