Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/03/18 às 10h18 - Atualizado em 30/10/18 às 14h09

Prova Diagnóstica terá sistema inovador

COMPARTILHAR

Da Redação

 

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

Avaliação será feita em um programa desenvolvido pela Secretaria de Educação. Provas serão realizadas em abril.

 

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal anunciou a data para aplicação da avaliação diagnóstica dos ensinos Fundamental e Médio, como uma das ações do Sistema Permanente de Avaliação do Distrito Federal (SIPAE/DF). A Prova Diagnóstica 2018 será realizada por estudantes da rede pública de ensino nos dias 25 e 26 de abril de 2018. O objetivo é obter informações que propiciem a formulação constante de estratégias e ações pedagógicas que contribuam para a efetiva aprendizagem dos estudantes. Para isso, um sistema inovador foi desenvolvido pelos técnicos da pasta.

 

A apresentação do planejamento dos trabalhos foi feita para cerca de 650 supervisores e coordenadores pedagógicos das unidades escolares de Ensino Fundamental e Médio. Segundo a diretora de Avaliação da pasta, Amanda Midôri Amano, “a prova diagnóstica possibilitará identificar em que nível do processo de construção do conhecimento encontra-se o estudante e, em seguida, promover a reflexão, planejamento e intervenções pedagógicas para a garantia das aprendizagens”.

 

“Ela [a prova] contribuirá para entendermos onde estamos avançando e onde podemos melhorar. Ela será um instrumento importantíssimo para o professor que está na sala de aula, para as Regionais de Ensino entenderem suas escolas e sua região e, em nível central, nos ajudará a entender a nossa rede de ensino e nos subsidiará para melhoria de nossas políticas públicas”, avalia o subsecretário de Planejamento Acompanhamento e Avaliação, Fábio Pereira de Souza, que marcou presença no evento ao lado do subsecretário de Educação Básica, Daniel Crepaldi, e do coordenador de Informática da Subsecretaria de Modernização e Tecnologia, Thiago Mendonça.

 

A novidade da Prova Diagnóstica 2018 é que se trata de um sistema totalmente desenvolvido pela Secretaria de Educação, para construir uma avaliação personalizada para o Distrito Federal. “Trata-se de um novo sistema para captação de dados, que, além de ter a cara da rede de ensino do Distrito Federal, é mais ágil, possibilitando uma posterior apresentação mais eficaz”, observa a diretora de Avaliação, Amanda Amano.

 

Para este ano, haverá também uma ampliação de estudantes atendidos. Na última avaliação, realizada em outubro do ano passado, foram avaliados estudantes de 5°,7° e 9° anos do ensino fundamental e ensino médio integral. Para este ano, o atendimento atingirá os 2°, 3°, 4°,6° e 8° anos do ensino fundamental e todas as séries do ensino médio. Além disso, a prova será ofertada em vídeo com explanação em libras para participantes surdos.