Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/01/20 às 11h38 - Atualizado em 31/01/20 às 19h05

Recursos do Cartão Material Escolar estão garantidos

COMPARTILHAR

Com o crédito suplementar de mais R$ 8 milhões, programa chega a R$ 39 milhões de investimentos previstos para 2020

 

Da Redação, Ascom/SEEDF

 

Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

O programa Cartão Material Escolar receberá um aporte de R$ 8.123.508,00 e o total de R$ 39 milhões previstos inicialmente para 2020 estão garantidos. Além do valor suplementar, o programa já contava com R$ 31 milhões, previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA). O programa auxilia famílias de baixa renda na compra de materiais escolares.

 

Clique para ver a medida do crédito suplementar publicada no Diário Oficial do DF desta sexta-feira (31/1).

 

Em 2019, mais de 64 mil estudantes foram beneficiados com o cartão material escolar, que também movimentou R$ 18 milhões no comércio de papelarias do DF, estimulando assim a economia local. Em 2020, o benefício foi ampliado e vai contemplar alunos de educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação especial.

 

O crédito para os estudantes que estavam no Programa em 2019 e cujas famílias permaneceram no Bolsa Família em 2020 está previsto para ser liberado no dia 5 de fevereiro. O anúncio deve ser feito governador Ibanes Rocha na data de lançamento dos cartões Creche e Pequenos Reparos, prevista para o dia 5 de fevereio. O primeiro vai criar 5 mil novas vagas para crianças de zero a 3 anos neste primeiro semestre. O segundo vai facilitar a gestão das escolas públicas, porque permitirá que elas contratem diretamente os pequenos serviços necessários ao seu funcionamento. A grande vantagem do cartão é a desburocratização dos procedimentos.