Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/06/21 às 20h07 - Atualizado em 10/06/21 às 12h04

Secretário visita escolas de Sobradinho 

COMPARTILHAR

Leandro Cruz está percorrendo todas as regionais, para ver de perto a realidade das escolas 

 

Por Íris Cruz | Ascom/SEEDF 

 

Durante as visitas, o secretário cumprimentou toda a equipe que está em atividade presencial nas escolas. Foto: Mary Leal | Ascom/SEEDF

 

O secretário de Educação, Leandro Cruz, dando sequência ao circuito de visitas às regionais de ensino, para ver de perto a realidade das escolas, esteve nesta quarta-feira, 9, em Sobradinho. Ele conferiu as reformas e benfeitorias realizadas nas escolas classes 15 e Morro do Sansão; nos centros de ensino fundamental 3, 5 e 7; e no Centro Educacional 4. A agenda foi acompanhada pelo secretário executivo, Fábio Sousa, e pela coordenadora regional de ensino, Márcia Brants.

 

Sobre a importância de ouvir e interagir com a comunidade escolar, Leandro Cruz destacou: “Na nossa escuta ativa vamos de escola em escola, falamos com cada equipe gestora, sempre escutando e debatendo a situação de toda a educação do Distrito Federal. Estamos virando o jogo na educação”.

 

Fábio Sousa também falou sobre a importância da iniciativa. “Estamos passando nas 14 regionais ensino. Estamos conhecendo um pouco mais da realidade das escolas e fazendo uma escuta ativa junto aos profissionais de educação, principalmente, com as equipes gestoras que, neste momento, estão atuando presencialmente nas unidades escolares”, afirmou Fábio Sousa.

 

A coordenadora regional, Márcia Brants, agradeceu pela atenção da Secretaria com cada unidade de ensino da região. “Eu vejo todo esse cuidado com as escolas como um gesto de respeito com os nossos estudantes. Reflete a qualidade do trabalho da escola pública, do atendimento e do respeito com a comunidade”, disse a coordenadora.

 

Escola Classe 15 

 

A atenção em cada detalhe faz a diferença no acolhimento dos estudantes. Foto: Mary Leal | Ascom/SEEDF

 

A EC 15 de Sobradinho foi fundada em 1961. Hoje, atende 1.018 estudantes em 46 turmas, em uma estrutura com 22 salas de aula, sala de leitura, videoteca, sala de professores, quadra, laboratório de informática e cozinha.

 

Entre 2020 e 2021, a escola reformou o banheiro dos servidores e a sala de leitura; trocou as janelas, as portas e os bebedouros do pátio; e colocou cerâmica no chão das salas de aula.

 

Para 2021, faz parte do planejamento a revitalização da entrada principal, a substituição de pisos, a manutenção da rede elétrica e compra de material e pintura.

 

Sobre o impacto das obras na volta presencial, a diretora Tânia Maria dos Santos frisou: “Quando as aulas retornarem, a escola merece estar diferente, depois de várias reformas e de tanto trabalho. Todos vão ter a satisfação de voltar a estudar e trabalhar em um ambiente melhor e mais confortável”.

 

Centro de Ensino Fundamental 3 

 

Além de totens de álcool em gel, as escolas estão equipadas com lavatórios. Foto: Mary Leal | Ascom/SEEDF

 

Fundado em 1972, o CEF 3 de Sobradinho tem 18 salas de aula, salas de leitura e de auditório, e laboratório de ciências.

 

Entre os anos de 2020 e 2021, a escola recebeu R$ 277,2 mil em recursos do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF) via Secretaria de Educação e emendas parlamentares. Com o investimento, foi feita a adequação de espaço para higienização, reforma da área de convívio coletivo, manutenção do prédio e aquisição de materiais de suporte pedagógico.

 

O diretor Robson Paiva grifou a importância dos recursos do PDAF para o crescimento não só da educação, como também da qualidade social e econômica da comunidade.

 

O programa contribui para consolidar uma aproximação entre a escola e a comunidade em vários aspectos. Dentre eles, a possibilidade de contratação de serviços e comércio na própria comunidade, gerando renda e empregos por todo o Distrito Federal”, argumentou o diretor.

 

Escola Classe Morro do Sansão 

 

A área de lazer é um dos espaços favoritos dos estudantes na Escola Classe Morro do Sansão. Foto: Mary Leal | Ascom/SEEDF

 

Desde 1987 atendendo a comunidade, a EC Morro do Sansão atende 170 estudantes. O espaço físico tem cinco salas de aula, salas de leitura, de informática e de recursos, cozinha, área de lazer e horta.

 

Entre os anos de 2020 e 2021, a escola recebeu R$ 76,4 mil via PDAF para manutenção da estrutura, compra de materiais e troca de móveis. Em 2021, os planos continuam com reforma da cozinha, dos banheiros e do parquinho.

 

O diretor Kelton Silva agradeceu o apoio da Secretaria e destacou: “Essas obras trazem a promoção de diversos ambientes de aprendizagem com qualidade para os nossos estudantes”.

 

Centro de Ensino Fundamental 7 

 

O ambiente escolar acolhedor é um incentivo para estudantes e professores. Foto: Mary Leal | Ascom/SEEDF

 

Com 1.005 estudantes, o CEF 7 de Sobradinho dispõe de 12 salas de aula, duas salas de educação integral, salas multimídia, de leitura e de recursos, quadra coberta e cozinha.

 

A escola recebeu R$ 228 mil em recursos do PDAF no último biênio via Secretaria de Educação e emendas parlamentares. Com os recursos foram feitas reformas nas janelas, na quadra e no banheiro. Em 2021, as obras continuam com a reforma da cozinha e dos banheiros.

 

Segundo a diretora Eline Bastos, na volta presencial essas benfeitorias serão um grande incentivo para estudantes e professores. “Essas reformas trazem estímulo e motivação para ingressar e permanecer na escola, além de boas condições de trabalho e oferta de tecnologia para investimentos pedagógicos”, avaliou.

 

Centro Educacional 4 

 

Para a volta presencial, toda a equipe está preparada para os protocolos contra covid-19. Foto: Mary Leal | Ascom/SEEDF

 

Para atender 1.585 estudantes, o CED 4 de Sobradinho conta com 16 salas de aula, salas multimídia e de dança, quadra, laboratório de informática e biblioteca.

 

Os recursos do PDAF entre 2020 e 2021 somam R$ 360,3 mil. Dessa forma, foi feita a reforma dos banheiros, a aquisição de projetores, reparos nas janelas, pintura nas salas, troca de iluminação externa e interna e melhorias no estacionamento interno.

 

Para o diretor Wagner Macario, essas obras são de muita relevância social. “Os estudantes se sentem mais acolhidos em um ambiente com as adaptações necessárias para o bom desenvolvimento e aprendizagem”, argumentou.

 

Centro de Ensino Fundamental 5 

 

Fundado em 1976, o CEF 5 de Sobradinho atende 851 estudantes dos anos finais e 142 da educação de jovens e adultos (EJA). O espaço físico é composto por 15 salas de aula, laboratório de informática, refeitório, sala mecanográfica, auditório, sala de leitura e duas quadras de esportes.