Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/02/20 às 10h34 - Atualizado em 6/02/20 às 15h50

✳ Semana Pedagógica começa hoje e mobiliza 678 escolas até sexta

Para 2020, a Secretaria estabeleceu cinco objetivos para reforçar a inclusão escolar e a garantir aprendizagens aos estudantes

 

Da Redação

 

 

O secretário de Educação, João Pedro Ferraz dos Passos, abre nesta segunda-feira, 3/2, a Semana Pedagógica 2020, que vai acontecer simultaneamente em 678 escolas, visto que cinco escolas estão fechadas, da rede pública e antecede o retorno às salas de aula de quase 460 mil estudantes, em 10 de fevereiro. A Semana Pedagógica vai reunir os profissionais da educação para que realizem um diagnóstico de suas escolas com base nos dados das avaliações educacionais; implementem o novo Currículo da Rede (Currículo em Movimento, alinhado à Base Nacional Comum Curricular – BNCC); e planejem o ano letivo que se inicia.

 

“É um momento especial em que devemos fazer um diagnóstico dos principais desafios da escola, planejar um ano letivo que acelere a transformação positiva da unidade escolar e também a melhor forma de acolher os alunos que estão chegando”, disse João Pedro Ferraz. “Durante a semana, devem ser realizadas ações voltadas para o planejamento pedagógico, por meio da revisão da Proposta Pedagógica da unidade escolar. Nesses momentos, a comunidade escolar deve se transformar em um grande grupo de estudo e reflexão voltado para o seu aprimoramento”, acrescentou o secretário.

 

Neste ano, a Semana Pedagógica foi precedida por oficinas para a formação continuada de todos os gestores escolares, para que conduzam a semana nas unidades, atentos aos objetivos pedagógicos estabelecidos para este ano, organizados em cinco eixos: currículo; avaliação formativa; revisão da proposta pedagógica; estabelecimento de planos de ação; e preparação dos professores para o diagnóstico inicial e o desenvolvimento das aprendizagens.

 

Estes objetivos reforçam a alfabetização na idade certa; a diminuição da distorção idade-série dos estudantes, por meio da inclusão escolar e a garantia das aprendizagens dos estudantes; a implementação no Novo Ensino Médio; e a formação continuada dos profissionais da educação.

 

A EAPE ofertará cursos para que pelo menos um dos coordenadores pedagógicos das unidades escolares receba formação continuada em temáticas previamente definidas e que contribuem para o cumprimento dos objetivos pedagógicos da rede.

 

A Secretaria também pretende reunir as experiências exitosas para lidar com os desafios pedagógicos da rede, escolhidas por um grupo composto por professores, gestores e comunidade escolar, para funcionarem como um banco de boas práticas que possa servir a todos.

 

Escola em pauta

Nas escolas, diretores e vice-diretores, coordenadores, orientadores educacionais e professores vão abordar ainda temas que vão desde a orientação sobre eventos pedagógicos, estudo do calendário escolar, escolha de turmas, até a concretização da Proposta Pedagógica (PP) individual. A PP conta com a participação de toda a comunidade escolar e é o documento que confere à escola a sua identidade, com suas demandas, prioridades e planos para o desenvolvimento do ensino.

 

O encontro também tem a finalidade de acolher os novos professores nas unidades, e apresentar os projetos que serão desenvolvidos no decorrer do ano letivo. Os profissionais da Educação que integram cada uma das unidades escolares têm a oportunidade de discutir o planejamento estratégico e pedagógico das ações a serem desenvolvidas nas unidades escolares e renovam o compromisso conjunto de garantia das aprendizagens dos estudantes.

 

O período de discussões também é o momento de firmar o compromisso em prol da garantia de ambientes escolares que proporcionem o exercício pleno da cidadania e fomentem a busca proativa de soluções por parte dos estudantes. Para tal, as comunidades escolares devem desenvolver atividades para a efetivação do protagonismo estudantil e garantia dos direitos de aprendizagem.