Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/09/19 às 17h12 - Atualizado em 16/09/19 às 9h20

Apresentação

 

Considerando a relevância das discussões acerca da promoção de políticas de bem-estar e qualidade de vida no trabalho, tendo como campo mais específico a Educação, apresentamos, a seguir, informações sobre o “Seminário Nacional sobre Bem-estar e Qualidade de Vida no Trabalho dos Profissionais da Educação”, evento idealizado por esta Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal por meio da Subsecretaria de Gestão de Pessoas – SUGEP.

 

Elencar elementos que compõem esta realidade remete, de modo peculiar, ao cenário de violência que assola o país, quiçá o mundo. Analisando de modo mais amplo, observa-se que, a violência em suas diversas facetas, adentrou também o ambiente escolar, gerando situações que vão da descrença no sistema ao adoecimento do servidor. Em meio a esta reflexão, observa-se que, uma lamentável realidade de violência nas escolas tem repercutido diariamente na mídia e, no centro dessas tragédias, encontramos sempre os nossos profissionais de educação, que, para além dos demais desafios decorrentes do árduo exercício de seus misteres, são hoje os protagonistas presenciais mais vitimados dessas histórias. De outro ângulo, também são os “ouvidos diuturnos” que acolhem os relatos constantes das violências perpetradas contra seus alunos, seja no ambiente escolar, familiar ou comunitário.

 

Têm, pois, os nossos profissionais de educação uma dupla e difícil missão: as relacionadas à finalidade precípua da educação, no processo de ensino-aprendizagem e as necessárias à complexa administração de conflitos decorrentes da violência em seu ambiente de trabalho, qual seja, na escola.

 

O objetivo precípuo do Seminário é conhecer a realidade sobre bem-estar e qualidade de vida no Distrito Federal e de outros estados brasileiros dos profissionais da educação, bem como socializar os conhecimentos e dados da nossa pesquisa num processo de troca de experiências.  A intenção é, a partir da troca de experiências, construir uma “Carta de Intenções” entre os participantes que proponha iniciativas, conjuntas e integradas, para a promoção do Bem-estar e da Qualidade de Vida no Trabalho do profissional da educação em todo o país.

 

Nesta seara, vislumbramos a realização do evento tendo em vista o reconhecimento da problemática, bem como o compartilhamento de experiências e a proposição de novas práticas que evidenciem e estimule a participação das redes estaduais de educação nesse espaço coletivo de debate, como forma de ampliar o alcance dos propósitos principais.

 

O Evento já conta com todos os assuntos correlacionados que serão abordados, bem como foram escolhidos, feito contato e recebidos respectivos aceites com os palestrantes que comporão os painéis e a mesa de debates.

 

Estima-se a participação de 700 profissionais da educação do Brasil, entre professores, gestores, representantes do meio acadêmico-científico, das universidades, dos órgãos públicos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário Federal e Distrital, escritores e outras instituições públicas ou privadas com fins relacionados ao objeto do evento.

 

Sediar um evento desse porte e relevância insere o Distrito Federal na dianteira nacional como ente federativo promotor de debate e indutor de políticas públicas de exponencial importância para as escolas brasileiras, tendo como prerrogativa contextos essenciais que envolvem ciência e tecnologia como foco de inovação tanto na área pedagógica quanto concernente a gestão de pessoas no serviço público.