Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/02/19 às 14h51 - Atualizado em 28/02/19 às 16h42

Tem EaD gratuita, inclusiva e sem barreiras na rede pública

COMPARTILHAR

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

De Thais Rohrer, Ascom/SEEDF

 

A escola que vai aonde os estudantes precisam, facilitando a vida de quem quer estudar e não pode se deslocar até uma escola, está com a fase de pré-matrícula aberta até 17 de março.

 

Falta de tempo e dificuldade para frequentar a escola não são problema para ter acesso a educação. Essas barreiras são quebradas com o ensino a distância para jovens e adultos oferecido pela Secretaria de Educação. O Centro de Educação de Jovens e Adultos e Educação Profissional a Distância de Brasília (Cejaep EaD de Brasília) está com pré-matrícula aberta até 17 de março.

 

Clique aqui para mais informações

 

Os irmãos iraquianos Hussein Rasin e Hassan Rasin conheceram a Cejaep EaD de Brasília e retomaram os estudos. Eles trabalham no lava-jato da família durante o dia e o ensino a distância foi uma oportunidade de conciliar os estudos e as tarefas cotidianas. “Foi uma opção boa para gente estudar quando estamos livres. Acessamos do computador e do celular a plataforma de estudo nos horários que nós definimos”, conta Hussein.

 

A família Rasin está no Brasil desde 2014. Os irmãos utilizam a plataforma virtual para aprender mais da língua local, história e relembrar conteúdos que já tinham aprendido quando moravam na Turquia, onde moraram imediatamente antes de virem para o Brasil.

 

A Cejaep EaD de Brasília tem um ambiente de aprendizagem virtual para estudantes cursarem o Ensino Fundamental (2º Segmento) e o Ensino Médio (3º Segmento) da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

HISTÓRIAS DE SUCESSO – O Cejaep EaD de Brasília guarda muitas histórias de sucesso e superação. Luciano de Mattos, 46 anos, parou os estudos 1989 e só os retornou em 2018. Ele conseguiu terminar o Ensino Fundamental no ano passado. “Foi na formatura que pude levar meus filhos e mostrar o quanto é importante voltar aos estudos para incentivá-los a permanecer buscando conhecimento. Com o Cejaep, meu plano de estudo é flexível e assim posso me dedicar a leitura, pesquisa e realizações das atividades no meu tempo disponível”, conta Luciano, orgulhoso. Para 2019, o plano é concluir o Ensino Médio.

 

A formatura dos estudantes do Cejaep de 2018 teve vários momentos especiais e simbólicos relembrando a história de luta dessas pessoas que tiveram a oportunidade de estudar novamente. Os estudantes preparam uma música com trechos que diziam “Acredite é hora de vencer. Essa força vem de dentro de você”. Eles cantaram para os familiares naquele momento de emoção e satisfação, minutos antes de receberem os certificados de conclusão do Ensino Fundamental e Médio, na cerimônia no auditório da Eape.

Indiria anuncia ainda para este ano o primeiro curso profissionalizante no ambiente virtual. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

A diretora da Cejaep EaD de Brasília , Indira Rehem, ficou emocionada ao rever o vídeo da formatura e relembrar tantas histórias de superação dos estudantes. “Muitos querem voltar a estudar e ultrapassam a barreira tecnológica em busca do sonho de estudar. Estamos distantes geograficamente, mas muito próximos na plataforma virtual. A escola vai onde eles precisam”, destaca Indira.

 

Os estudos no Cejaep EaD de Brasília são gratuitos e funcionam com atividades online e aulas disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem. Lá os alunos tem acesso ao material didático, plantão de dúvidas presencial com professores, secretaria e biblioteca virtuais. Os alunos matriculados no Cejaep também tem atendimento presencial na escola, caso queiram tirar dúvidas com professores.

 

O Cejaep EaD de Brasília disponibiliza quatro períodos de matrículas por ano para contemplar os interessados. As informações são divulgadas no site da instituição http://cejaep.se.df.gov.br.

 

HISTÓRIA – O Cejaep EaD de Brasília começou os trabalhos em 2005 e foi a primeira instituição pública do Brasil a ofertar Educação de Jovens e Adultos a distância. O projeto começou com 50 estudantes e hoje conta com 2.100 pessoas matriculadas. A escola tem 26 professores para produzir o material pedagógico e atender toda a demanda dos estudantes.

 

Betânia Pamponet acompanha o processo de aprendizagem do neto por meio da educação a distância e conta mais sobre a evolução do estudante. “O Breno tem transtorno do espectro autista e estudou em escola regular até os 14 anos de idade. A condição dele exige um ensino diferenciado, e ele teve uma adaptação melhor quando começou a estudar no Cejaep. Meu neto se sentiu inserido na processo educacional e está dando muito certo. Agora ele sente feliz e incluído. A equipe é muito capacitada!”, afirma.

 

Eugênio Almeida terminou os estudos no Cejaep em 2018 e já passou num concurso “eu tive oportunidade de estudar com mais calma e tranquilidade porque trabalhava e queria concluir o Ensino Médio. Eu tinha dificuldade de aprendizado e ensino a distância me abriu portas, os professores nos ajudando”, conta. Ele está aprovado em todas as etapas na seleção para agente penitenciário em Minas Gerais e vai cursar análise de sistemas.

 

YouTube – A diretora do Cejaep EaD de Brasília é uma entusiasta do ensino a distancia e está na escola desde a fundação. Há três anos criou um canal no YouTube para auxiliar os estudantes com vídeos. Ela e alguns colegas postam vídeos com aulas e tira-dúvidas para ajudar os estudantes.

 

“Eu amo o que faço e nossa equipe é maravilhosa. Os estudantes são integrados em todas as ações que desenvolvemos. É um público que se não tivesse a opção de educação a distância provavelmente estaria apartado do processo educacional”, frisa Indira.

 

NOVIDADE – A Cejaep EaD de Brasília tem expectativa de lançar o primeiro curso profissionalizante no ambiente virtual ainda em 2019. No segundo semestre está previsto um curso técnico em secretaria escolar.