Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/08/19 às 18h17 - Atualizado em 11/05/21 às 18h37

Festic agita escolas de Taguatinga

Etapa regional selecionará melhores trabalhos para edição distrital

 

João Gabriel Amador, Ascom/SEEDF

 

 

Foto: Luis Tavares,Ascom/SEEDF

 

Nesta quarta-feira (28/8), o Centro de Ensino Médio Industrial de Taguatinga (Cemeit) recebeu uma das etapas regionais do 1º Festival de Tecnologia, Inovação e Ciência (Festic).  Cerca de 4 mil visitantes passaram pela unidade para conferir os trabalhos de mais de 40 grupos de estudantes.

 

Seguindo o tema “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável”, estudantes desde o ensino infantil até o ensino de jovens e adultos apresentaram projetos voltados para a sustentabilidade e utilização responsável do meio ambiente.

 

Os alunos do Centro de Ensino Infantil 07 deram o exemplo de como a escola pode ser um espaço de sustentabilidade. A unidade conta com uma horta, que produz alimentos para a merenda, um jardim de compostagem, que fornece adubo para a horta, além de atividades voltadas para a preservação do meio ambiente.

 

Foto: Luis Tavares,Ascom/SEEDF

 

Com desenvoltura, a pequena Ana Clara, de 5 anos, contou sobre o passo a passo de como fazer um repelente natural contra mosquitos. “Primeiro, a gente pica a planta e coloca no álcool e deixa por 10 dias. Depois, tira a planta e deixa mais dois dias. Aí, é só passar que o pernilongo não vem”, relatou. O grupo ainda serviu um suco natural, de couve, laranja e limão, apelidado de suco do “Hulk”, para os visitantes.

 

O uso de polímeros na agricultura foi o tema escolhido pelos estudantes do Centro Educacional 07. Os estudantes do ensino médio mostraram que é possível usar o material para aumentar a capacidade de absorção de água no solo. “Misturando o polímero com a terra, economizamos no uso de água, pois esse tipo de matéria pode reter até 80% do seu volume de líquido”, explicou o Pedro Henrique Barreto, de 16 anos.

 

Os professores responsáveis pelo grupo destacaram a importância do festival no ensino. “É uma forma de colocar em prática os conteúdos ministrados durante o ano. Além disso, estimula os estudantes e instiga a vontade de se tornarem pesquisadores”, apontou Iully Ferreira Campos, educadora do CED 07.

 

Foto: Luis Tavares,Ascom/SEEDF

 

Avaliação e prêmios

 

Durante as apresentações, uma comissão avaliadora esteve em cada estande para selecionar os melhores trabalhos nas diferentes etapas de ensino. Os três melhores de cada etapa irão representar a regional na edição distrital do Festic, realizada na última semana de setembro. Os vencedores receberão ainda troféus pela conquista.

 

Além de Taguatinga, as demais coordenações de ensino realizam as etapas regionais nos próximos dias.

 

Confira todas as informações sobre o festival na página do Festic

 

? Veja as fotos do evento