Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/07/21 às 18h30 - Atualizado em 25/11/21 às 18h44

Inicial

────────────────────────────────────────────

 

 

Neste espaço, você pode tirar suas dúvidas e obter informações sobre as mudanças que ocorrerão no Ensino Médio a partir de 2022.

 

No menu ao lado, é possível ter acesso ao histórico de aprovação, legislação, implementação e ainda obter respostas sobre as perguntas mais frequentes realizadas pelos estudantes.

 

Novo Ensino Médio

 

O Novo Ensino Médio (NEM) é um novo modelo de organização da etapa. Ele abre possibilidades de escolhas e autonomia do estudante, fazendo com que cada um siga o seu caminho na vida escolar.

 

A mudança já era discutida há muito tempo no Distrito Federal, mas ganhou ênfase após a publicação da Base Nacional Curricular Comum BNCC, que traz orientações curriculares aos sistemas de ensino, bem como competências e habilidades que os estudantes devem desenvolver em cada etapa da educação básica.

 

A partir dessas orientações, as Secretarias de Educação de todo o País iniciaram movimentos de revisitação curricular.  A proposta é aproximar as escolas da realidade dos estudantes, com flexibilidade de escolhas e adaptação às necessidades da sociedade atual.

 

No Distrito Federal, as mudanças tiveram início em 2020, por meio de escolas pilotos, e deverão ser aplicadas em todas as escolas a partir de 2022, mas ainda de forma progressiva:

 2022 – 1as séries

2023 – 1as e 2as séries

2024 – 1as, 2 as e 3as séries

 

Como funciona

 

No Distrito Federal, o NEM      é focado no protagonismo e na autonomia dos estudantes, que podem realizar determinadas      escolhas de acordo com as áreas de interesse, facilitando a carreira profissional e a preparação para o mundo do trabalho.

 

Confira abaixo as principais mudanças:

 

1. Regime de semestralidade

O Novo Ensino Médio não é mais dividido por série, agora a divisão é por semestres.

Serão seis semestres para conclusão da etapa final da educação básica.

 

2. Carga horária computada por créditos

Cada semestre contém 30 créditos, sendo 17 voltados à Formação Geral Básica e 13, aos Itinerários Formativos.

    

3. Organização curricular em duas partes indissociáveis

Formação Geral Básica, com carga horária máxima de 1.700 horas;

Itinerários Formativos, com carga horária de mínima 1.300 horas.

 

A Formação Geral Básica (FGB) é a parte com as aprendizagens essenciais que os estudantes do Ensino Médio devem desenvolver ao longo de toda a etapa, organizadas por áreas do conhecimento:

Linguagens e suas tecnologias: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Arte e Educação Física;

Matemática e suas tecnologias: Matemática

Ciências Humanas e Sociais Aplicadas: História, Geografia, Sociologia e Filosofia.

Ciências da Natureza e suas tecnologias: Física, Química e Biologia.

 

Os Itinerários Formativos (IFs) são estratégias mais flexíveis e personalizadas,  parte que os estudantes podem se aprofundar nos conhecimentos de uma área do conhecimento (Matemática e suas Tecnologias, Linguagens e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas) e da formação técnica e profissional (FTP).

 

Os IFs são divididos em 4 partes: Projeto de Vida, Língua Espanhola, Eletivas (Orientadas ou livres) e Trilhas de Aprendizagem.

 

4. Avaliação por objetivos de aprendizagens

Possibilita um acompanhamento mais próximo do rendimento escolar de cada estudante, permitindo a identificação de eventuais fragilidades pedagógicas e o planejamento de intervenções personalizadas que favoreçam o desenvolvimento das aprendizagens, considerando o perfil e as necessidades de cada um.

 

Aprofundando mais um pouco

 

Carga horária

 

Áreas de Conhecimento da Formação Geral Básica  com seus respectivos componentes curriculares (referenciados com a BNCC)

 

Composição dos Itinerários Formativos no DF

 

O Projeto de Vida é um espaço dedicado ao estudante, orientado à reflexão sobre o presente e futuro, de forma a contribuir para o processo de autoconhecimento e desenvolvimento da autoestima, estimulando escolhas mais assertivas ao longo do Ensino Médio e da vida. É ministrado ao longo dos seis semestres letivos do Novo Ensino Médio.

 

Língua Espanhola é de caráter obrigatório voltada à formação multicultural dos estudantes e à ampliação das possibilidades de interação pessoal e profissional no mundo globalizado.

 

As Eletivas Orientadas são unidades curriculares ministradas em diversas formas de aprendizagem, como projetos, oficinas, projetos interventivos, acompanhamento das aprendizagens, atividades lúdicas, entre outras. Possuem duração semestral e devem propiciar ao estudante o desenvolvimento de habilidades das áreas de conhecimento e/ou da Educação Profissional e Tecnológica tanto para Cursos Técnicos quanto para Cursos de Formação Inicial e Continuada – FIC.

 

As Trilhas de Aprendizagem são compostas por aulas voltadas ao aprofundamento progressivo dos conteúdos relacionados às áreas do conhecimento. Elas são ofertadas a partir do 3º semestre do NEM e possuem duração total de 4 semestres letivos. O trabalho pedagógico é norteado pelos objetivos de aprendizagem previstos em quatro eixos estruturantes: Investigação Científica, Processos Criativos, Mediação e Intervenção Sociocultural e Empreendedorismo.