Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/21 às 16h44 - Atualizado em 24/11/21 às 9h42

PDAF liberado no valor de R$ 4,2 milhões

 

Montante será utilizado para investimento nas regionais de ensino e escolas para o melhor atendimento aos estudantes

Da Redação, Ascom/SEEDF

 

Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

 

Mais cinco portarias foram publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta-feira, 1º de outubro, liberando valores que somam R$ 4,2 milhões do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF). As coordenações regionais de ensino da Secretaria e Educação e suas respectivas escolas poderão utilizar as verbas para a realização de benfeitorias, com o objetivo de buscar melhorias no atendimento aos estudantes da rede pública de ensino. 

 

O objetivo do Programa é disponibilizar recursos diretamente às escolas e regionais para promover a autonomia das unidades, contribuindo com a melhoria da qualidade de ensino e o fortalecimento da gestão democrática. 

 

Brazlândia, Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, Sobradinho e Taguatinga foram as regionais beneficiadas. Elas poderão utilizar os valores e também destinar – provenientes de emendas parlamentares – para as unidades escolares públicas de cada uma das regiões administrativas. O dinheiro vai permitir a realização de melhorias nas próprias regionais e em cada uma das escolas contempladas. 

 

De acordo com a legislação, a verba do PDAF pode ser utilizada para custeio de pequenos reparos como pintura, consertos em telhados e pisos. Ela também pode ser utilizada para despesas de capital, a partir da compra de materiais permanentes, tais como computadores e impressoras, que se incorporam ao patrimônio da unidade. 

 

Veja os valores liberados para cada da regional:

CRE Capital Custeio Total
Brazlândia R$30.000,00 R$80.000,00 R$110.000,00
Ceilândia R$93.000,00 R$465.000,00 R$558.000,00
Gama R$65.000,00 R$135.000,00 R$200.000,00
Guará R$90.000,00 R$140.000,00 R$230.000,00
Núcleo Bandeirante R$0,00 R$768.600,00 R$768.600,00
Paranoá R$410.000,00 R$216.400,00 R$626.400,00
Planaltina R$68.000,00 R$222.000,00 R$290.000,00
Plano Piloto R$410.000,00 R$75.000,00 R$485.000,00
Recanto das Emas R$135.000,00 R$74.000,00 R$209.000,00
Samambaia R$78.000,00 R$52.000,00 R$130.000,00
Santa Maria R$10.000,00 R$1.000,00 R$11.000,00
Sobradinho R$0,00 R$95.000,00 R$95.000,00
Taguatinga R$25.000,00 R$465.000,00 R$490.000,00
Total R$1.414.000,00 R$2.789.000,00 R$4.203.000,00

 

Coordenação Regional de Ensino do Paranoá

 

A Coordenação Regional de Ensino do Paranoá possui cerca de 26 mil estudantes, matriculados em 35 escolas. O valor total disponibilizado para a regional nesta sexta-feira, 1º de outubro, é de R$ 626.400,00, sendo R$ 410.000,00 de capital e mais R$ 216.400,00 de custeio.  

 

O coordenador regional, Ranieri Falcão, frisa que o PDAF tem um significado importante na melhoria dos espaços das escolas. “Pátios, cozinhas, banheiros, coberturas de quadras e refeitórios recebem melhorias com o PDAF. As escolas têm autonomia para fazer pequenos reparos, de forma rápida e imediata. Isso traz mais conforto tanto para os profissionais da educação, como também para os estudantes, e esta é a nossa finalidade.

 

Cartão PDAF 

 

O Cartão PDAF foi lançado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) no mês de agosto do corrente ano. A proposta vai viabilizar uma plataforma para tornar a execução de serviços nas escolas mais ágil e a prestação de contas mais simples e transparente. 

 

As escolas e regionais de ensino terão acesso a um cartão para administrar os recursos recebidos pelo PDAF. Ele vai permitir que os valores sejam utilizados de maneira mais desburocratizada, pois as unidades escolares poderão contratar diretamente serviços e reparos junto a fornecedores credenciados pelo governo, tendo acesso previamente aos preços cobrados por eles. 

 

O cartão irá funcionar por meio de parceria entre as secretarias de Educação e de Economia com o Banco de Brasília e Sebrae-DF.