Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/03/20 às 19h54 - Atualizado em 9/03/20 às 17h57

Secretaria de Educação entrega nova creche à comunidade

COMPARTILHAR

CEPI no Lago Norte atende famílias do Varjão, Itapoã, Paranoá e mães que trabalham na região

 

Rossana Gasparini, AscomSEEDF

 

Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

O Centro de Educação da Primeira Infância (CEPI) Cajuzinho, no Lago Norte, foi inaugurado oficialmente nesta quinta-feira (5). A nova creche oferece 174 vagas e atende crianças de 0 a 3 anos, beneficiando famílias de regiões como Varjão, Itapoã, Paranoá, além de mães que trabalham e prestam serviços no Lago Norte.

 

O evento, realizado na unidade, contou com a presença do vice-governador Paco Brito, da primeira dama, Mayara Noronha, e do secretário de Educação, João Pedro Ferraz, entre outras autoridades. A creche já está atendendo a comunidade desde 19 de fevereiro. O investimento foi de R$ 3,2 milhões, com recursos do GDF e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A gestão é realizada pela Associação Beneficente Coração de Cristo (Cocris) e conta com 40 funcionários.

 

João Pedro Ferraz destacou que o empreendimento vem para aumentar a oferta de vagas para essas regiões e ainda trazer conforto e segurança às famílias beneficiadas. “Nós estamos a cada dia aumentando as vagas de creches na nossa rede, visto que há uma necessidade premente. As mães precisam trabalhar e não têm onde deixar seus filhos. E elas precisam de equipamentos do porte desse CEPI, com essa segurança e conforto. Para uma mãe, deixar o filho em uma creche já é um grande sacrifício, por ser um local estranho ao lar, por isso, o Estado precisa atender essas famílias da melhor maneira possível”.

 

Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

Com o CEPI Cajuzinho, o Lago Norte passa a contar com três Centros de Educação de Primeira Infância. A Secretaria de Educação vai inaugurar ainda mais quatro CEPIs: Periquito e Bem-te-vi em Samambaia; Paraguaio em Ceilândia e Parque dos Ipês em São Sebastião, que vão atender mais 800 crianças.

 

A meta é aumentar a oferta de vagas para crianças de 0 a 3 anos também com a ampliação do atendimento por meio do cartão creche. Serão mais 5 mil para o primeiro semestre deste ano. O chamamento público para o credenciamento de instituições privadas que farão parte do programa oferecendo vagas já foi publicado e está em andamento. A expectativa é que até o final de abril as famílias sejam convocadas para matrícula.

 

______
Leia mais:

Educação inaugura 5 CEPIs em março: 870 vagas em creches são abertas

Cartão creche