Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/02/20 às 18h31 - Atualizado em 19/02/20 às 11h33

Semana de Acolhimento desperta gosto das crianças pelas escolas

COMPARTILHAR

Nas primeiras semanas do calendário escolar, crianças de 4 e 5 anos participam de atividades lúdicas para se adaptar ao novo ambiente

 

Ana Luíza Vinhote, da Agência Brasília

 

Recepção carinhosa: professora Maria da Costa de braços abertos para os pequenos | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

 

Brinquedos, massinhas, tinta, giz de cera, lego, música, teatro e, principalmente, afeto. É dessa forma que os 419 alunos do Jardim de Infância 603, no Recanto das Emas, são recebidos na Semana de Acolhimento da Educação Infantil. O objetivo é fazer com que estudantes entre 4 e 5 anos tenham uma experiência de segurança e confiança no primeiro contato com o ambiente escolar.

 

Como foi o caso do pequeno Ângelo da Penha, 5 anos. Há um ano no Jardim de Infância 603, ele faz questão de ir à escola todos os dias. “Eu gosto mais do parquinho e do campo de futebol. Também é legal quando as professoras fazem atividades diferentes com a gente”, elogia o menino.

 

Mãe de Ângelo, Lucimara da Penha, 33 anos, avalia que essa forma de receber os estudantes garante mais tranquilidade e segurança tanto para os alunos quanto para os pais. “Cada dia os funcionários estão com um adereço, uma fantasia diferente. As professoras incentivam as crianças a participarem das atividades na escola. Volto para casa tranquila e com o coração sossegado”, declara.

 

Equipe integrada

 

Diretora da escola, Fabíola da Costa explica que as atividades lúdicas são preparadas na semana pedagógica, e que toda a equipe é envolvida no processo. “Sabemos que é um processo de rompimento. É quase como um segundo parto quando os filhos deixam a casa para participar da escola pela primeira vez”, salienta.

 

Lucimara da Penha e o filho Ângelo: tratamento mais afetuoso faz com que crianças queiram retornar à escola diariamente | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

 

Fabíola destaca que uma das principais características dessa semana é a afetividade do corpo docente. “Sem um abraço, uma fala tranquila, uma música para acalmar as crianças não querem retornar no dia seguinte. Todos os dias tem novidade. A infância é feita com imaginação, com fantasia, que são fundamentais no processo de ensino”, acrescenta.

 

Há três anos como professora no colégio, Maria da Costa sente diferença a na hora de comandar a classe. “É atrativo para os alunos e não fica cansativo para eles. É muito importante que eles tenham esse contato de alegria com a escola, porque dessa forma inibe-se a sensação de distanciamento dos pais. Quando ganhamos a confiança deles no começo, é assim o ano todo”, relata.