Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/03/21 às 8h11 - Atualizado em 26/03/21 às 9h39

Professores serão os próximos

Secretarias de Educação e Saúde elaboram plano para imunizar 50 mil profissionais da rede pública de ensino

 

Da Redação, Ascom/SEEDF

 

Foto: André Borges/Agência Brasília

 

A Secretaria de Educação do Distrito Federal está elaborando em conjunto com a pasta da Saúde o plano de vacinação dos profissionais da rede pública de ensino contra a covid-19. O contingente a ser atendido é formado por pelo menos 50 mil pessoas — 25.979 professores efetivos, 10.500 professores temporários e 8.813 da carreira da assistência, além de aproximadamente 5 mil merendeiras, copeiras, do pessoal da limpeza e da vigilância.

 

O pessoal da educação está entre os públicos prioritários, conforme o Plano de Operacionalização da Vacinação da Secretaria de Saúde, e receberá as doses na medida em que o Ministério da Saúde abastecer o DF. Atualmente, o plano distrital está na fase de vacinação por idade e de algumas categorias profissionais.

 

 

Em breve – nós já estamos trabalhando isso com o secretário de Educação –, teremos, sim, o retorno às aulas, porque nós vamos vacinar todos os professores e todos os educadores do Distrito Federal❞

Governador Ibaneis Rocha

 

O próprio governador Ibaneis Rocha avisou que os professores serão contemplados na próxima fase da vacinação. “Em breve – nós já estamos trabalhando isso com o secretário de Educação –, teremos, sim, o retorno às aulas, porque nós vamos vacinar todos os professores e todos os educadores do Distrito Federal”, afirmou na manhã da quinta-feira, 25, durante cerimônia de entrega do Centro de Ensino Fundamental 01, da Vila Planalto.

 

Ibaneis disse que o GDF está cumprindo etapas, vacinando primeiro o pessoal da saúde, porque estão na linha de frente do combate à pandemia.  Na sequência, virão os professores e demais profissionais da educação. “As crianças também já não aguentam mais ficar em casa. Por maior esforço que se faça com as aulas pelo sistema que vem sendo adotado pela educação, mas nós precisamos cuidar também da saúde mental dessas crianças”, destacou.

 

O secretário de Educação, Leandro Cruz, agradeceu o empenho do governador. “Está claro que a educação é uma das prioridades de vacinação no Distrito Federal, atrás apenas do pessoal da Saúde, obviamente aqueles que estão deixando as suas famílias, os seus lares, na linha de frente de enfrentamento à covid-19”, frisou.

 

 

Leia também─────────────

Dia de acolhimento na volta às aulas 

Regionais de Ensino vão receber mais R$ 5,8 milhões do PDAF

Volta às aulas com dinheiro em caixa