Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/04/21 às 16h31 - Atualizado em 8/04/21 às 8h21

7ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Com inscrições abertas, edição de 2021 vai valorizar os relatos práticos das aulas online

 

Por Thaís Rohrer, da Ascom/SEEDF

 

 

Estão abertas as inscrições para a 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. O concurso abordará o processo de aprendizagem no ensino remoto.

 

Destinada a estudantes e professores das escolas públicas brasileiras, a Olimpíada aceita inscrições exclusivamente pela internet até o dia 30 de abril. São gratuitas e podem ser feitas diretamente no Portal Escrevendo o Futuro — para acessar, img-responsivaclique aqui.

 

Na próxima quarta-feira, 7, às 17h, haverá um webinário com informações técnicas dessa edição. A transmissão será pelos canais do Facebook e YouTube.

 

Diferentemente das edições anteriores, a 7ª Edição da Olimpíada de Língua Portuguesa visa acompanhar e valorizar a prática, com registros dos processos de ensino e aprendizagem de professores e estudantes na produção de texto em um dos gêneros propostos: poema (5º ano), memórias literárias (6º e 7º), crônica (8º e 9º), documentário (1ª e 2ª séries do Ensino Médio) e artigo de opinião (3ª série do Ensino Médio).

 

O professor poderá se inscrever em uma ou mais categorias, de acordo com os anos escolares em que leciona. Em uma mesma unidade poderão se inscrever quantos professores desejarem.

 

Essa edição procurará relatos de inovações em meio às aulas remotas.  Os relatos poderão ser apresentados em vários formatos, como fotografias, vídeos, áudios e textos. Será uma oportunidade de mostrar como ocorre a relação professor-estudante durante o trabalho pedagógico realizado no dia a dia.

 

A professora Rozely Martins atua na rede pública do DF desde 2016 e já participou de várias edições da OLP. “O que mais gosto na Olimpíada é o processo didático. Temos a oportunidade de trabalhar o gênero textual e ampliar o repertório do aluno.  É um momento enriquecedor ver o crescimento do estudante e a evolução da capacidade de escrita”, conta.

 

Este ano, a professora vai participar do concurso enxergando-o como uma oportunidade para pensar sobre sua prática e ampliar as possibilidades pedagógicas para o trabalho com o gênero documentário. Ela atua com alunos da 1ª série do Ensino Médio do Centro Educacional 416 de Santa Maria.

 

Essa edição da OLP traz a possibilidade da criação de conteúdos multimídia como ferramenta para compartilhar momentos importantes vivenciados nas salas de aula. Ainda envolve a produção de um Álbum da Turma, que pode ser por meio de fotografias, vídeos, áudios, storyboards, trailers, memes, entre outros.

 

A 7ª Edição da Olimpíada de Língua Portuguesa ainda possibilitará aos professores participarem de cursos on-line oferecidos pelo programa Escrevendo o Futuro, que é uma iniciativa do Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária – CENPEC.