Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/10/19 às 14h58 - Atualizado em 31/10/19 às 14h58

Capacitação amplia conhecimento de educadores sociais

Oficinas mostram formas criativas para trabalho de voluntários da educação integral

 

Thais Rohrer, Ascom/SEEDF

 

Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

Os Educadores Sociais Voluntários (ESV) das 201 unidades da rede pública que ofertam educação integral puderam participar de uma capacitação oferecida pela Secretaria de Educação, por meio da Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral (Subin), para trazer mais eficiência no atendimento aos estudantes. Nesta quinta-feira (31/10), foi a vez dos voluntários que atuam nas regiões de Taguatinga e Samambaia participarem da formação, que ocorreu na Coordenação Regional de Taguatinga.

 

Oficinas com temas como contação de histórias, robótica, educação em movimento, desafios da produção de texto, meio ambiente e sustentabilidade, consciência fonológica, entre outros, estão percorrendo todas as regiões do DF para ampliar o conhecimento dos educadores sociais voluntários. “O objetivo da capacitação é o melhor atendimento da educação integral. Ela pretende ampliar o tempo, o espaço e as oportunidades educacionais”, afirma Cybele Amoroso, uma das organizadoras da capacitação.

 

Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

A Gerência de Educação Integral, ligada Subin, está desenvolvendo esse trabalho em parceria com as coordenações regionais de ensino ao longo do mês do outubro e de novembro. O último dia de oficina será nesta sexta-feira (1/11), no Recanto das Emas.

 

Trabalho lúdico e criativo

 

A primeira oficina que os educadores Lana Dias e Jairo Gomes participaram nesta quinta-feira (21/10) foi com a temática Jogos como recurso para desenvolvimento do raciocínio lógico matemático. Ideias com jogos simples e fáceis de produzir mostram como reforçar os conteúdos aprendidos em sala de aulas com as crianças e jovens.

 

“É uma experiência bem enriquecedora participar dessas oficinas. Jogos e atividades que utilizam materiais básicos como tampinhas, garrafas e tecidos mostram novas formas de estimular o ensino”, afirma Lana, que atua no Centro Ensino Fundamental 21 e no Centro de Educação Infantil 6, ambos em Taguatinga.

 

Lana é uma das educadoras que participou do curso de capacitação. Foto Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

Jairo conta que tem sido gratificante atuar como educador social e acha importante participar dessas capacitações para melhorar o atendimento para as crianças. “Eu gosto de ver a alegria da molecada. Pegamos ideias nessas oficinas e levamos para as atividades na escola”, comenta o voluntário, que está no Centro Ensino Fundamental 21 de Taguatinga. Na edição com os ESVs de Taguatinga e Samambaia ainda foram desenvolvidas oficinas de Robótica na Escola e Educação em Movimento.

 

A Gerência de Educação Integral destacou em vários momentos da capacitação a importância do trabalho desenvolvido pelos ESVs. O coordenador da regional de Ensino de Taguatinga, Juscelino Nunes, reiterou o valor desses profissionais. “Os educadores oxigenam a educação na escola porque trazem ideias novas no dia a dia. Eles são um elo extremamente relevante entre o trabalho pedagógico e os alunos”.

 

Os ESVs auxiliam nas atividades do dia a dia das escolas, tais como: formação, socialização de experiências, participação em atividades de apoio ao trabalho pedagógico e colônia de férias. As atividades dos educadores ficam sob orientação e supervisão da equipe gestora da unidade escolar.

 

? Veja mais fotos