Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/05/22 às 17h14 - Atualizado em 6/05/22 às 17h14

Cavalaria nas Escolas estimula cultura de paz

Projeto busca prevenir violência por meio de palestras e contato com animais

Thaís Rohrer, Ascom/SEEDF

 

Em mais uma iniciativa para promover a cultura de paz nos ambientes escolares do Distrito Federal, uma parceria entre a Polícia Militar e a Secretaria de Educação do DF, iniciada em abril, tem feito sucesso entre os estudantes da rede. O projeto Cavalaria nas Escolas, apresentado pelo Regimento de Polícia Montada, estimula a prevenção da violência no ambiente escolar. Na manhã desta sexta-feira (6), foi a vez dos alunos da Escola Classe 2 do Riacho Fundo II participarem de um bate-papo com o major Heberton de Sousa.

 

A ação é voltada para crianças do ensino fundamental para desenvolver temas ligados à prevenção da violência e também destaca valores importantes para construção do cidadão, como respeito ao próximo e honestidade.

 

Nessa faixa etária as crianças estão em formação e é muito importante trazermos informações para que elas saibam distinguir o bem e o mal, além de apontar situações de perigo que existem na sociedade. Queremos trazer isso de forma integrativa e lúdica”, destaca o major da PM Heberton de Sousa.

 

O Cavalaria nas Escolas vem ao encontro das ações que a Escola Classe 2 já desenvolve com estudantes ao longo do ano. A unidade faz um trabalho contínuo pela cultura de paz com narrações de histórias, rodas de conversa e um recreio lúdico com brincadeiras supervisionadas pela equipe da escola.

 

Aprendizado e momentos de descontração marcam as visitas do projeto Cavalaria nas Escolas. Na foto: capitão Geraldo Neiva, pônei da PM e a estudante Cecília Santos / Foto: André Amendoeira, Ascom/SEEDF

 

Não temos problemas graves de indisciplina na escola e nem de violência porque fazemos um trabalho constante com os estudantes. Essa iniciativa da Cavalaria da PM é maravilhosa e veio para somar às ações que já desenvolvemos“, conta Michelle Rodrigues, diretora da EC 2. O local tem 653 estudantes matriculados, do 1º ao 5 ano do ensino fundamental.

 

O ápice do projeto Cavalaria nas Escolas é a surpresa final para estudantes com a chegada dos cavalos da PM e do pônei, apelidado de Gigante, nas escolas. As crianças podem interagir com os animais nesse momento de descontração.

 

Achei o projeto muito interessante. Eles colocaram essa questão do combate à violência de uma maneira leve para a gente. Eu vou ficar atenta e contribuir na minha comunidade da maneira que puder”, afirma Cecília Santos, 10 anos, estudante do 5º ano do ensino fundamental.

 

Estamos aqui para mostrar que os policiais são amigos da escola. Queremos que os estudantes vejam boas referências nos policiais, nos professores e nas pessoas de bem para multiplicarem isso nas respectivas comunidades”, resume o capitão da PM Geraldo Neiva.

 

Major Heberton de Sousa conversa com estudantes da Escola Classe 2 do Riacho Fundo II / Foto: André Amendoeira, Ascom/SEEDF

 

Dia do trabalhador

 

O Cavalaria nas Escolas também trabalha temas de datas comemorativas durante as visitas. Na Escola Classe 2 do Riacho Fundo II, a referência foi o Dia do Trabalhador, celebrado em 1º de maio. Foi uma oportunidade para resgatar o histórico da data e destacar a importância das profissões.

 

A primeira unidade visitada pelo projeto foi a Escola Classe 831 de Samambaia, no mês de abril. Na ocasião, os policiais falaram sobre o dia 21 de abril, que marca o aniversário de Brasília. Na data se lembra também Alferes Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes, figura importante no movimento para independência do país e patrono das polícias militares.

 

Projeto Cavalaria nas Escolas

 

Governo do Distrito Federal