Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/07/21 às 15h13 - Atualizado em 13/07/21 às 13h22

Criatividade e educação 

Programa Startup In School tem primeira edição exclusiva para estudantes de uma rede pública estadual

 

Íris Cruz, Ascom/SEEDF 

 

 

O estímulo à prática criativa faz parte da educação de diferentes formas: pode vir com referência ao esporte, atividades manuais e, até mesmo, por meio de propostas para trabalho em grupo. Porém, agora, o destaque é para a criatividade em forma de startup.

 

O termo em inglês faz referência à criação de empresas emergentes, que inovam na construção de conteúdos.

 

Realizado pela Ideias de Futuro e patrocinado pelo Google desde 2015, o programa Startup In School (SiS) terá a primeira edição exclusiva para estudantes da rede pública. Aqueles que frequentam as escolas da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal serão os primeiros do país a participar de uma versão estadual do programa.

 

O curso, em formato de competição, estimula a criação de uma startup que melhore o dia a dia da comunidade.

 

Para apresentar o programa, o Youtube do Educa DF vai ser palco de uma live introdutória do curso nesta terça-feira, 13, às 14h30. A apresentação será realizada pela empresa Ideias de Futuro.

 

A inscrição vai de 14/7 a 20/8. Podem participar estudantes matriculados no 9º ano do ensino fundamental e os que cursam o ensino médio. Eles devem se inscrever em grupos de quatro a seis integrantes, com apoio de um ou dois professores orientadores.

 

img-responsiva

 

Dinâmica 

 

As atividades serão divididas em duas categorias: Tecnologia Livre e App Inventor. A primeira é para os que já sabem programar e têm autonomia de escolher qualquer plataforma de desenvolvimento da startup. A segunda categoria é voltada aos que ainda são iniciantes e que serão instruídos a desenvolver um protótipo por meio da plataforma App Inventor.

 

A dinâmica do curso envolve videoaulas disponibilizadas no Google Classroom, assim como mentorias coletivas on-line e ao vivo.

 

Todos os participantes que terminarem os desafios dentro do prazo receberão certificado. Para os dois primeiros colocados de cada categoria, o prêmio será em dinheiro: R$ 2 mil para o primeiro lugar e R$ 1 mil para o segundo.