Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/06/19 às 19h25 - Atualizado em 5/06/19 às 19h25

Escola da Natureza comemora 23 anos

Aldenora Moraes, ascom/SEEDF

 

Casa da Teia: espaço destinado à articulação administrativa. Foto: Tony, Agência Brasília

À primeira vista, a Escola da Natureza impressiona com seus cinco mil metros quadrados e suas instalações, todas nomeadas termos da natureza: Casa da Coruja, Casa da Teia, Casa do Beija-flor. Adentrar o espaço é ingressar em um universo, sobretudo, pedagógico, mas criado para encantar. E nesta quarta-feira (5), e encanto foi dobrado, pois a unidade comemora 23 anos, promovendo ensino e conscientização com relação ao meio ambiente.

 

A festa começou logo cedo e os convidados foram chegando para celebrar mais um ano de existência da unidade escolar. Ao longo da jornada de 23 anos, vivências significativas para a aprendizagem dos estudantes têm sido desenvolvidas a fim de fornecer conhecimento sobre o meio ambiente, preservação ambiental, respeito e cuidado com os seres vivos. O trabalho tem unido parceiros preocupados com a sustentabilidade e o futuro das novas gerações.

 

Localizada em um dos cartões postais de Brasília, no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek, a estratégia de encantamento tem sido mais que satisfatória. “Os estudantes têm esse contato com a natureza, o que muitas vezes não é possível no cotidiano. A Eecola tem pomar, horta, viveiro de mudas nativas do cerrado e até passarinhos que não são encontrados no restante do Parque. Por meio das atividades de sensibilização e formação em Educação Ambiental são apresentadas tecnologias sociais possíveis de serem reproduzidas ou adaptadas pelas escolas atendidas. Esse é um dos nossos objetivos”, explica a diretora Renata Lafetá.

 

Tendo como mote a leitura do preâmbulo da Carta da Terra que destacou a responsabilidade “de uns para com os outros, com a grande comunidade da vida e com as futuras gerações”, a comemoração também deu início às ações da Semana do Meio Ambiente.

 

Referência em educação ambiental

 

Estudantes participam de ações ecopedagógicas na Escola da Natureza Foto: Renato Araújo, Agência Brasília

A escola da Natureza é aberta a visitações. Nesta quinta-feira (6), por exemplo, estudantes do Centro de Ensino Fundamental do Bosque, de São Sebastião vão conhecer o local. Assim como as demais escolas da rede distrital de educação, os gestores podem agendar uma visita e são acompanhados pelos professores que trabalham na Escola da Natureza. Para o ingresso na unidade, os professores passam por um processo seletivo específico e possuem habilitação em educação ambiental.

 

“Somos a única escola pública voltada especificamente para a educação ambiental no Brasil” explica a diretora. A unidade escolar que é Centro de Referência em Educação Ambiental da Secretaria de Estado de Educação do DF atende todas as modalidades de ensino. “Partimos dos projetos ambientais desenvolvidos nas escolas ou até mesmo em turmas específicas que são atendidas de maneira exclusiva no matutino e vespertino”, destaca Renata.

 

A proposta da Escola da Natureza parte do princípio de que um espaço educador sustentável pode e deve contribuir para a melhoria da relação de aprendizagem por meio de processos educativos permanentes e continuados, capazes de sensibilizar o estudante e a coletividade para a construção de conhecimentos, valores, habilidades, atitudes e competências que incentivem a formação de uma sociedade de direitos, ambientalmente justa e sustentável.

 

“Uma escola sustentável também é uma escola inclusiva, que respeita os direitos humanos, a qualidade de vida e valoriza a diversidade essa é a lição que queremos deixar aos nossos estudantes e nossa contribuição à sociedade” define Renata Lafetá.

 

______
Serviço

O pré-agendamento para visitar a Escola da Natureza pode ser feito por meio do telefone: 3901-7756 ou pelo email: escoladanatureza@gmail.com.