Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/11/19 às 15h32 - Atualizado em 28/11/19 às 15h21

Escolas sabem nesta quinta-feira quem serão seus gestores até 2021

O resultado oficial das eleições será divulgado pela Secretaria de Educação em 18 de dezembro, após a etapa de recursos

 

Nathália Borgo, Ascom/SEEDF

 

Foto divulgação, Ascom/SEEDF

 

Democracia e cidadania, esses são os valores buscados pela comunidade escolar que foi – e ainda vai até às 21h – às escolas da rede pública de ensino para votar nas eleições de diretores e vice-diretores nesta quarta-feira (27/11).

 

Em 550 unidades, apesar de ter apenas uma chapa concorrendo, pais, mães, estudantes, professores devem comparecer para que o quórum seja atingido. Para professores e servidores, ele é de 50%. Já pais, mães, responsáveis e estudantes devem atingir no mínimo 10% de comparecimento. As escolas que não atingirem estes percentuais terão seus gestores indicados pela Secretaria de Educação e novas eleições em 180 dias.

 

Nas 110 escolas com duas ou mais chapas, o posicionamento democrático vai decidir quem tomará a linha de frente. O mais importante, entretanto, segundo o secretário de Educação, João Pedro Ferraz, é o compartilhamento das preocupações pela comunidade escolar.

 

Foto: André Amendoeira, Ascom/SEEDF. Secretário de Educação, João Pedro Ferraz, confere processo eleitoral nas escolas

 

“É muito importante que a escola divida a responsabilidade pela Educação com todos os atores da comunidade escolar. Esta eleição, excepcionalmente, será para mandatos de dois anos, pois estamos encaminhando para a Câmara Legislativa do Distrito Federal algumas alterações na Lei de Gestão Democrática. As eleições seguem tranquilas e estamos muito satisfeitos com a participação de todos”, destacou.

 

Os resultados preliminares das eleições em cada escola serão apurados ainda hoje, assim que as votações se encerrarem, por uma Mesa Apuradora composta por presidente, vice-presidente e secretário. A divulgação começa nesta quinta-feira (28/11) nas unidades escolares e pela Comissão Eleitoral Central. Já o resultado oficial, após findado o prazo para recursos, será anunciado em 18 de dezembro.

 

Regras durante as votações

 

Enquanto as votações acontecem nas escolas, nenhum diretor pode permanecer na unidade, a não ser que ele esteja inscrito como fiscal de chapa ou vá votar. No CEI 01 de Brasília, a supervisora Ynês Soares Mendes exerceu seu direito de voto.

 

Foto: André Amendoeira, Ascom/SEEDF. A servidora Ynês exerce seu direito democrático

 

“O processo garante a democracia na escola. Apesar de estarmos em um período de muitas atividades, a intervenção na rotina é positiva”, garantiu. Para a funcionária da escola, a renovação é muito importante, mas o bom trabalho aceito pela comunidade também deve ser valorizado.

 

Lei de Gestão Democrática

 

A eleição para os cargos de direção nas escolas do DF é regulamentada pela Lei nº 4.751, a Lei de Gestão Democrática, aprovada em 2012. Por ela, a centralidade da escola e o caráter público seguem o princípio da participação da comunidade escolar na definição e na implementação de decisões pedagógicas, administrativas e financeiras, como o processo de decisão de diretores e vice-diretores.

 

O administrador Jordânio Silva considera a lei uma ótima iniciativa, principalmente no caso dele, que tem dois filhos matriculados em escolas públicas diferentes. “Assim a gente participa e exerce a cidadania. Meu filho de 22 anos estudou aqui no CEM Paulo Freire, e agora tenho um menino matriculado no quarto ano. Inclusive, foi ele quem me incentivou a votar. Antes de vir pra cá, votei no CEF 410 Norte, onde estuda outro filho meu. Já participei de três processos eletivos”, contou.

 

Foto: André Amendoeira, Ascom/SEEDF. Jordânio tem pelo menos dois filhos matriculados na rede pública do DF

 

Mesmo quem ainda não pode votar, já está aprendendo com o exemplo. Fernanda Costa da Rosa tem apenas 11 anos e acompanhou a mãe Lucienia da Rosa durante o voto na EC 05 de Sobradinho. “Lá na frente a gente pode se prejudicar na vida, mas as diretoras têm a capacidade de melhorar o nosso futuro”, explicou.

 

A eleição para diretores e vice-diretores das escolas públicas segue até às 21 horas desta quarta (27) nas escolas urbanas. Nas rurais, o processo se encerra às 18 horas. Para votar basta levar um documento oficial com foto.

 

📸 Veja mais fotos

 

______
Leia mais

Eleição para diretores e vice-diretores é nesta quarta (27)

Ouça o Podcast da Educação sobre as eleições para gestores das escolas públicas do DF

80% das chapas das eleições para diretor e vice são únicas