Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/04/19 às 15h21 - Atualizado em 4/04/19 às 15h33

Espanha visita o CIL de Taguatinga

Guilherme Marinho, Ascom/SEEDF

 

Rafael Parente e o embaixador da Espanha, Fernando Garcia Casas com alunos e professores do CILT. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

Nesta quinta-feira (4), o Centro Interescolar de Línguas de Taguatinga (CILT) recebeu a visita do embaixador da Espanha, Fernando Garcia Casas, e do Conselheiro de Educação da representação, Pedro Cortegos Fernandez. O secretário de Educação do Distrito Federal, Rafael Parente, acompanhou as autoridades no tour pela unidade de ensino.

 

Rafael Parente afirmou que os Centros Interescolares de Línguas são verdadeiros tesouros do DF. “Sabemos que é difícil uma rede pública de educação fazer um bom trabalho no ensino de idiomas, então a gente precisava fazer esse reconhecimento ao trabalho dos CIL e essa aproximação é muito bacana, é fundamental”, garantiu o titular da Educação do DF.

 

Rafael Parente, os CIL são tesouros da rede. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

O embaixador espanhol no DF, Fernando Garcia, disse que ficou impressionado com a estrutura e o trabalho feito no CILT. “É um ensino de muita qualidade, um ensino que reduz as desigualdades e que dá oportunidades. Por isso queremos desenvolver a nossa cooperação com o governo do DF. Vamos ser parceiros, amigos e aliados” afirmou. Segundo o representante do país europeu, saber outro idioma é uma ferramenta importante para o futuro do jovem. “Uma língua nova é uma janela para o mundo. Queremos que os jovens saibam que o espanhol é uma das línguas mais interessantes para eles. Dos dez países que o Brasil tem fronteira, sete falam espanhol”, analisou Garcia.

 

Logo na chegada, os convidados assistiram a uma apresentação cultural. A estudante do 3º semestre de espanhol no CILT Andressa Alves, de 19 anos, soltou a voz e interpretou uma canção da cantora e compositora mexicana Julieta Venegas, arrancando aplausos dos presentes no pátio central da escola. Para ela, essa aproximação é estimulante. “Eu acho que isso motiva os alunos a ter esse contato. Esses eventos faz a gente perceber a importância de aprender a língua”, explicou a adolescente.

 

A estudante Andressa Alves interpretou uma canção da mexicana Juliete Venegas. Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

Márcia Brito, coordenadora de Espanhol no CILT, contou que a visita desta quinta-feira foi uma surpresa. Os alunos souberam do evento apenas no início da semana. “Esse é um momento único. Os alunos ficaram super empolgados. Essa troca de realidade no qual eles se distanciam do que é deles e se aproximam de outra cultura é engrandecedora”, avaliou a professora.

Cooperação

Além de mostrar a escola, o evento celebrou o memorando de entendimento entre o Reino da Espanha e o Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF). O documento foi assinado em 1º de março, com objetivo de fortalecer a colaboração educativa.

 

O intuito do memorando de entendimento é promover o ensino do idioma espanhol nos CIL. Para isso, uma série de ações são implementadas, entre elas, destaca-se a formação continuada de professores e o intercâmbio acadêmico, cultura e tecnológico de estudantes e profissionais da educação. A formação será na semana pedagógica dos Centros Interescolares de Línguas, de 29 de julho a 2 de agosto.

Idiomas

Atualmente, a rede pública de ensino do DF conta com 17 Centros Interescolares de Línguas, que atendem 48.491 estudantes. Os CIL oferecem cursos de inglês, espanhol, francês, japonês e alemão. A unidade de Taguatinga, inaugurada em 1988, possui cerca de 5,6 mil alunos matriculados em inglês, francês, espanhol ou japonês.

 

Segundo o secretário de Educação do DF, há também tratativas para a criação de escolas bilíngues no Distrito Federal. A SEEDF está em contato com representações da Espanha e da França para desenvolver o projeto.

Centro Interescolar de Línguas de Taguatinga (CILT) recebeu a visita do embaixador da Espanha