Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/01/20 às 19h13 - Atualizado em 30/01/20 às 19h17

Gestores participam de capacitação

Regional de ensino realiza treinamentos para diretores de 110 unidades de ensino

 

Daiane Garcez, CRE do Plano Piloto

 

Foto divulgação

 

Os estudantes só voltarão às aulas no próximo dia 10. No entanto, para quem está na direção das 110 unidades de ensino da Coordenação Regional de Ensino do Plano Piloto o ano letivo já começou. Isso porque a CRE realiza, neste mês, dois treinamentos, na sede da regional, para orientar o uso correto de sistemas importantes no dia a dia. A capacitação é direcionada, principalmente, aos que pela primeira vez ocupam os cargos de diretor e vice.

 

Um dos cursos é promovido pela Unidade de Alimentação Escolar (Uniae) e se refere ao preenchimento das planilhas de controle diário. O documento foi elaborado pela Gerência de Alimentação Escolar da pasta e é compartilhado, pela internet, com as unidades. Como o próprio nome diz, os gestores devem, diariamente, acessá-lo e inserir informações sobre a merenda. “Além de registrar o que foi entregue no dia da distribuição dos alimentos, tem sempre algum dado a ser colocado. Por exemplo, o que foi usado no cardápio daquele dia e quantos estudantes lancharam. Estamos ensinando aos novos gestores a preencher corretamente e reciclando os que já conhecem para aperfeiçoar essa tarefa”, explica Aline Gabriela de Almeida, que faz parte da equipe de apoio administrativo da Uniae do Plano Piloto.

 

A chefe do setor, Celhia Ribeiro dos Santos Ramos, explicou que tornar a atualização dos dados uma rotina resulta em maior controle e transparência no serviço tanto para os gestores como para a Uniae, que consegue consolidar as informações para prestar contas. Por isso, ela ressalta que o suporte da Uniae é ao longo do ano. “A alimentação escolar é um patrimônio como qualquer outra coisa dentro da unidade de ensino. O nosso papel é oferecer esse suporte sempre que for preciso, não só agora no início do ano. O gestor pode agendar para conversar conosco sempre que tiver dúvidas e a nossa equipe pode ir até a unidade de ensino. O importante é que essa prestação de contas seja constante e correta”, reforça.

 

A gestora do Centro de Ensino Especial 02 de Brasília, Marli de Jesus Silva, é uma das que participaram do treinamento e aprovou a iniciativa. “A experiência é maravilhosa. A gente tem muitas tarefas, muitas coisas para fazer na nossa função e esse treinamento faz toda a diferença para executar a atividade. Com as informações organizadas e atualizadas é mais fácil de trabalhar”, comenta.

 

O outro treinamento é promovido pela Unidade de Gestão de Pessoas (Unigep) na utilização do SiGEP, sistema que permite verificar as vagas disponíveis para profissionais da Educação nas unidades de ensino, registrar atas de escolha de turmas e grade horária, além de outras funções. “A unidade percebeu que no ano passado houve dificuldades por parte das equipes gestoras em usar o SIGEP para abertura de carências. Por isso, queremos familiarizar nossos profissionais com essa tecnologia”, explica a chefe do setor Alessandra Mariane.

 

Quem não perdeu a oportunidade foi a gestora Denize de Assis, que pela primeira vez vai estar como vice-diretora num ambiente escolar. “Esse comecinho precisa de ajuda e o apoio que a coordenação regional dá é de suma importância. O gestor tem que conhecer como funciona com detalhes e todos os treinamentos são esclarecedores. Um cargo como esse precisa de ajuda e a regional do Plano está dando esse apoio”, avalia.

 

O curso tem duração de oito dias e reúne 20 pessoas por turno. Tudo o que o gestor precisa saber na hora de acessar o SIGEP é passado pelos monitores que fazem parte da equipe da Unigep. A meta é realizar outro treinamento, ainda no primeiro semestre, para garantir que todos participem.