Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/03/20 às 18h11 - Atualizado em 9/03/20 às 17h56

Governo nomeia 821 professores para a rede pública de ensino

Profissionais vão ser distribuídos de acordo com a necessidade de cada uma das regionais de ensino

 

Da Redação, Ascom/SEEDF

 

Foto: Vladimir Luz, Ascom/SEEDF

 

O Governo do Distrito Federal nomeou, nesta sexta-feira (6), 821 professores de diversos componentes curriculares para atuar na rede pública de ensino do Distrito Federal. As nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). A maioria delas foi destinada ao componente Atividades, visto ser a maior demanda da rede. Esses professores atuam na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental.

 

Além disso, também foram nomeados professores de artes, biologia, ciências naturais, filosofia, física, geografia, história, espanhol, francês, inglês, português, matemática, química e sociologia. Para alguns componentes curriculares, como artes e matemática, todos os aprovados no concurso foram nomeados.

 

Foram realizadas ainda nomeações para profissionais que devem atuar nas escolas técnicas da Secretaria de Educação nas áreas de administração, eletrônica, enfermagem, informática, nutrição. As nomeações foram para 20h e 40h.

 

Confira abaixo a tabela de nomeações.

 

As orientações para os novos nomeados já estão disponíveis no site da Secretaria de Educação. É necessário ficar atento ao cronograma de entrega dos documentos e aos prazos das demais solicitações que podem ser realizadas, como o reposicionamento de fila.

 

Os professores nomeados foram aprovados no último concurso público realizado pela Secretaria de Educação, em 2016, cuja validade segue até setembro de 2021. No total, já foram nomeados 2.500 professores, desde a homologação do concurso, que previa 800 vagas. Cerca de 2.900 candidatos foram aprovados.

 

No início de 2019, a SEEDF solicitou 1.200 nomeações. Em agosto do mesmo ano, apenas 200 foram autorizadas. Dessa forma, o Secretário de Educação, João Pedro Ferraz, passou a negociar diretamente com a Secretaria de Economia a viabilização de mais nomeações de professores.

Governo nomeia 821 professores para a rede pública de ensino

 

Nomeações

 

Administração 1
Artes 3
Atividades  469
Biologia 11
Ciências Naturais 51
Eletrônica 2
Enfermagem 12
Filosofia 13
Física 7
Geografia 37
História 39
Informática 5
Espanhol 10
Francês 3
Inglês 41
Português 94
Matemática 8
Nutrição 1
Química 3
Sociologia 4

 

PCD
Atividades 3
Ciências Naturais 4