Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/03/21 às 17h37 - Atualizado em 12/03/21 às 17h40

Parque Educador tem inscrições abertas

Estudantes da rede pública de ensino do DF podem aprender sobre educação ambiental e patrimonial em Unidades de Conservação da capital

 

Da Redação – Ascom/SEEDF

 

 

O projeto Parque Educador – 1º Ciclo 2021 está com inscrições abertas. As escolas da Secretaria de Educação do Distrito Federal que tiverem interesse em ampliar os estudos a respeito de educação ambiental e patrimonial aos estudantes, devem realizar cadastro até o dia 16 de março, de forma on-line, por meio do site do Instituto Brasília Ambiental. O resultado da seleção será divulgado também pelo Instituto, em sua página eletrônica, em 19 do mesmo mês.

 

img-responsiva

 

O projeto tem como foco principal a realização de atividades ecopedagógicas e lúdicas com alunos de escolas públicas do DF nas Unidades de Conservação geridas pelo Instituto Brasília Ambiental. As ações são desenvolvidas por professores capacitados da Secretaria de Educação do DF, que junto com a Secretaria de Meio Ambiente, é parceira do Brasília Ambiental nesta iniciativa.

 

O projeto já atingiu mais de 10 mil alunos em todo o DF, desde 2018, quando foi iniciado. Foi pensado e idealizado para fortalecer a educação ambiental, ampliar o espaço educativo das escolas públicas e aumentar a integração dos parques com a comunidade.

 

O Parque Educador está presente nas seguintes Unidades de Conservação: Estação Ecológica Águas Emendadas / Parque Ecológico Sucupira (Planaltina); Parque Ecológico Águas Claras; Parque Ecológico Três Meninas (Samambaia); Parque Ecológico Saburo Onoyama (Taguatinga); Parque Ecológico do Riacho Fundo; e Monumento Natural Dom Bosco / Centro de Práticas Sustentáveis – CPS.

 

Aulas e participação

 

Pelo motivo da pandemia do novo coronavírus e a necessidade de distanciamento social imposta por ela, os estudantes não poderão frequentar as Unidades de Conservação geridas pelo Instituto, que são os espaços das aulas de campo do projeto. Quando for possível, as ações presenciais serão retomadas.

 

Dessa forma, as aulas serão realizadas de maneira virtual. Os estudantes que não tiverem acesso aos recursos tecnológicos vão receber materiais impressos.

 

Para participar, cada escola poderá inscrever no máximo duas turmas de até 40 alunos. As turmas participarão em dias e/ou turnos diferentes. A escola que desejar inscrever duas turmas, deve preencher um formulário para cada uma delas.

 

________________________________

Mais informações ou dúvidas, entrar em contato:

geapla.deint@edu.se.df.gov.br

 educ.ibram@gmail.com