Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/20 às 18h07 - Atualizado em 14/02/20 às 18h07

Passaporte para a Saúde atende alunos da Fábrica Social

Programa do SESC é voltado para pacientes com idade acima de 40 anos

 

Jéssika Lineker, estagiária supervisionada, Ascom/SEEDF

 

Acontece até o dia 28/02 o Programa Passaporte para a Saúde, que atende alunos do Programa Fábrica Social na faixa etária acima dos 40 anos.  São atendidos 15 estudantes diariamente que possuem alguma destas condições: doença cardiovascular, hipertensão, diabetes mellitos, obesidade e dislipidemias.

 

A nutricionista do SESC, Sara Pedrosa da Mata, destaca a importância do programa.“Essa campanha da unidade móvel é ótima e muito importante que seja periódica. Podemos atender ao público em diversas localidades da cidade. A maior parte dos alunos do Programa Fábrica Social aderiu à campanha e teve bons resultados nos exames.  Orientamos sobre os benefícios de uma boa alimentação, atividade física e acompanhamento anual”, afirma a especialista.

 

Os pacientes passam por três etapas de atendimento e contam com uma equipe composta por nutricionista, técnico em enfermagem e instrutor de educação física. São realizados exames e avaliação física para detectar alterações do peso, pressão arterial, glicemia, entre outros, com o intuito de diagnosticar de forma precoce um possível desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis.

 

Após o atendimento, o paciente é encaminhado ao nutricionista, que avalia os exames feitos e prescreve a conduta alimentar de acordo com os resultados.

 

O programa Passaporte para a Saúde foi implantado no Distrito Federal em maio de 2003. O propósito é diagnosticar precocemente as pessoas que poderão fazer parte do grupo portador de doenças crônicas não transmissíveis. Assim, a iniciativa promove a saúde, prevenindo doenças mediante ações educativas que estimulem a adoção de hábitos saudáveis, além de identificação e intervenção dos principais fatores de risco relacionados à essas doenças.

 

Caso a meta de vagas para o perfil indicado não seja atingida, serão disponibilizadas novas vagas para alunos de outras faixas etárias. Se ainda não forem preenchidas, serão abertas para servidores e funcionários.