Governo do Distrito Federal
9/01/23 às 14h41 - Atualizado em 10/01/23 às 8h57

Prazo para matrículas na rede pública do DF termina nesta terça (10)

Efetivação deve ser feita na escola em que o aluno foi contemplado

Agência Brasília | Edição: Chico Neto

 

Termina nesta terça-feira (10) o período para efetivação das matrículas para a rede pública de ensino do Distrito Federal em 2023. Estudantes ou responsáveis devem comparecer presencialmente à escola onde o aluno foi contemplado para garantir a vaga, portando a documentação necessária – modelos originais e cópias. O prazo também é válido para inscritos na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

img-responsiva Confira aqui o resultado de inscritos no ensino regular e também a listagem de contemplados da EJA.

 

Veja, abaixo, os documentos necessários para efetivação da matrícula:

CPF do estudante

Registro Geral/Carteira de identidade ou CNH do responsável legal

CPF do responsável legal

Declaração Provisória de Matrícula (Deprov) ou histórico escolar

Comprovante de residência e/ou do local de trabalho, conforme o local indicado no ato da inscrição

Duas fotografias 3×4

Comprovante de tipagem sanguínea e fator RH, nos termos da Lei Distrital nº 4.379/2009

Carteira de Vacinação, conforme Lei nº 6.345/2019

Número de Inscrição Social (NIS) do estudante

NIS do responsável legal pela matrícula

 

Vagas remanescentes

 

Todos os 29.881 novos alunos inscritos na educação regular têm vaga garantida na rede pública de ensino do DF”, assegura a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, que reforça a importância de os pais ou os responsáveis comparecerem à unidade escolar na qual o estudante foi contemplado para efetivar a matrícula.

 

Isso é muito importante para que o aluno não perca a vaga naquela determinada escola”, explica a gestora. Quem não confirmar a matrícula, lembra ela, perde a vaga na escola indicada e só terá nova oportunidade quando foram abertas as vagas remanescentes – aquelas que sobrarem depois do período regular da matrícula.

 

Remanejamento

 

Já o aluno que pediu o remanejamento escolar precisa verificar na unidade de ensino em que estudou em 2022 se foi contemplado com a vaga em outra escola e também precisa comparecer presencialmente à nova unidade escolar para fazer a matrícula até terça-feira (10) de janeiro, com toda a documentação exigida.

 

O mesmo procedimento deve ser seguido por estudantes que passam de uma etapa para outra da educação básica e precisam mudar de escola. Nesse caso, o aluno deve verificar, na unidade de ensino em que estudou no ano passado, qual a nova escola para a qual foi selecionado, efetivando a matrícula também até o dia 10 deste mês.

 

EJA

 

A efetivação da matrícula dos estudantes contemplados com uma vaga da EJA também ocorre de forma presencial na unidade em que o aluno foi contemplado até esta terça (10). Os inscritos devem apresentar os modelos originais e as cópias de RG, CPF, comprovante de residência e/ou do local de trabalho, Declaração Provisória de Matrícula (Deprov) ou histórico escolar, além de duas fotos 3×4.

 

Caso o estudante tenha menos de 18 anos, o responsável deverá apresentar seu RG e o CPF.

 

Nessa modalidade de ensino, quem perdeu o prazo do período de inscrição e de efetivação da matrícula poderá se matricular diretamente em qualquer escola que ofereça a EJA a partir do dia 15 de janeiro.

Governo do Distrito Federal