Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/05/21 às 10h51 - Atualizado em 4/05/21 às 18h13

Prevenção e combate à violência sexual

Programa Maria da Penha Vai à Escola traz webnário e palestras. Inscrições de 3 a 10/5

 

Thaís Rohrer, Ascom/SEEDF

 

 

O Programa Maria da Penha Vai à Escola vem com mais ações neste mês de maio. A semana Prevenção e combate à violência sexual, será realizada entre os dias 17 e 28 de maio, com webinário e oficinas virtuais para comunidade escolar. As inscrições devem ser feitas no link, de 3 a 10 de maio.

 

As atividades estão sendo desenvolvidas por meio da parceria entre a Secretaria de educação do DF (SEEDF) e o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). As ações ocorrerão por ocasião do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, fixado no dia 18 de maio pela Lei 9.970/2000.

 

As palestras englobam dois temas e as vagas são limitadas. O Acolhimento e encaminhamento das situações de violência sexual contra crianças e adolescentes permite que até 100 profissionais da educação participem do momento.

 

Já a palestra Prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes é destinada a estudantes, familiares e responsáveis e tem apenas 50 vagas.

 

A confirmação da inscrição será feita por e-mail, entre os dias 11 e 14 de maio, com as informações de contatos dos palestrantes e as informações para geração do link no Google Meet.

 

Webnário

 

O Webinário com a temática sobre Prevenção e combate à violência sexual será transmitido no canal do Youtube do EducaDF, no dia 20 de maio, às 14h.

 

Mais sobre o 18 de maio

 

Leia também
 Maria da Penha vai à Escola

A data foi instituída em homenagem à menina Araceli Crespo que, em 18 de maio de 1973, com 8 anos de idade, foi sequestrada, violentada e assassinada. A situação motivou o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes a incentivar ações no Brasil acerca da necessidade de combate e prevenção da violência sexual contra crianças e adolescentes.

 

Informações

 

Dúvidas e sugestões podem ser enviadas para os contatos: 3103-2027/2101 (12h às 19h) ou nap.njm@tjdft.jus.br.