Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/05/22 às 15h43 - Atualizado em 25/05/22 às 15h58

Três escolas são reformadas em Samambaia

Mais de R$ 2,5 milhões foram investidos em reformas no CEF 411, CEF 427 e CEF 312

Da Agência Brasília

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) investiu mais de R$ 2,5 milhões para executar uma série de reformas e benfeitorias nos centros de ensino fundamental (CEFs) 411, 427 e 312, todos em Samambaia. De cobertura de quadra poliesportiva à manutenção da rede elétrica, os serviços beneficiam mais de 3,5 mil alunos das três unidades escolares.

 

No CEF 411, o GDF fez a cobertura da quadra poliesportiva, serviço que demandou investimento da ordem de R$ 608 mil. Por lá, também foi feita a manutenção da rede elétrica, do sistema de lógica e cabeamento, substituição de forros, revisão dos banheiros e impermeabilização do reservatório inferior. Ao todo, foram gastos R$ 1,059 milhão, com recursos do Programa de Descentralização Financeira e Orçamentária (Pdaf) e de contrato de manutenção. O CEF 411 conta com 1,4 mil alunos e 18 salas de aula.

 

O CEF 427 também recebeu serviços importantes. A quadra poliesportiva ganhou cobertura e as canaletas de águas pluviais passaram por manutenção, bem como as instalações elétricas, entre outros serviços. Lá, o investimento foi de R$ 898 mil, para benefício de mais de 1,2 mil alunos que estudam nas 16 salas da escola. Os recursos também são provenientes do Pdaf e de contrato de manutenção.

 

De cobertura de quadra poliesportiva à manutenção da rede elétrica, os serviços beneficiam mais de 3,5 mil alunos das três unidades escolares | Foto: Mary Leal, Ascom/SEEDF

 

A terceira entrega desta manhã foi no CEF 312. Com investimento de R$ 620 mil, a escola ganhou cobertura na quadra poliesportiva e a manutenção de estacionamento, alambrado e telhas. A unidade conta com 940 alunos e 15 salas de aula.

 

Estamos trabalhando para cobrir todas as quadras poliesportivas e estamos fazendo isso por todo o DF. Vamos continuar para trazer mais conforto aos alunos, professores e à comunidade”, destacou o governador Ibaneis Rocha durante a entrega dos serviços nas escolas.

 

Pode parecer pouco, mas nós estamos fazendo um trabalho para cobrir as quadras poliesportivas que servem como um ambiente não só para esportes, mas também para encontro das famílias e das crianças, juntamente com a comunidade escolar”, completa o governador.

 

A cobertura das quadras era um sonho antigo das comunidades escolares. Elas agregam muito na qualidade da educação. Ali, além da parte esportiva, são desenvolvidas atividades culturais e festivas”, acrescenta a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá.

 

São obras que trouxeram grande significado para acolher melhor os estudantes. O esporte é essencial para todas as pessoas, e agora essas quadras estão em melhores condições de uso pela comunidade escolar”, avalia a coordenadora regional de ensino de Samambaia, Paula Tredicci.

 

Impacto no cotidiano

 

O administrador regional Claudeci Ferreira destacou que essa é mais uma melhoria para o cotidiano da comunidade de Samambaia. “Vim de escola pública e, quando fazia educação física, era no sol quente. Sei a diferença e o que representa ter uma quadra coberta. É importante para a comunidade escolar, não só para a prática esportiva, mas para as festas”, comenta.

 

Foram 26 anos de espera para que a quadra poliesportiva do CEF 312 tivesse uma cobertura. A diretora Alexandra Carla Reis da Silva diz que a reforma vai proporcionar melhor qualidade de vida aos estudantes. “Era uma área descampada, com sol forte, principalmente no mês de agosto. Agora, eles vão poder usar durante o ano todinho e também no período noturno, protegidos do sol e da chuva”, afirma. Além do corpo escolar, a quadra é usada nos fins de semana pela população para festas e encontros religiosos. “A gente vai ter mais esse espaço para agregar o lazer”, completa.

 

Quem também comemorou a melhoria foi a professora de educação física do CEF 312, Lucimara Perciliano de Oliveira. Para ela, a reforma terá um impacto direto nas aulas. “A educação física precisa dessa comodidade para os alunos, principalmente porque é muito quente. Vai ser um estímulo. Antes, estava totalmente no sol. Os alunos acabavam ficando prejudicados no período de seca e também na época da chuva”, diz.

 

Por conta disso, ela lembra que os estudantes do período vespertino tinham mais aulas teóricas do que práticas. “A gente já fazia um trabalho caprichado, mas agora o tempo não irá mais nos prejudicar”, completa.

 

Mais melhorias

 

Em breve, o GDF dará início a três obras em Samambaia. Destas, duas já estão licitadas: a construção da Escola Classe 410 e da Escola Classe 415. A outra é a construção de um Centro de Educação da Primeira Infância (Cepi), popularmente chamado de creche, a ser erguido na Quadra 217.

 

O total dos investimentos com estas obras, incluindo a da EC 425 de Samambaia, que será iniciada nos próximos dias, e a da EC 408 de Samambaia, que já se encontra em execução, supera R$ 40 milhões. A capacidade de atendimento dessas escolas será de 3.510 alunos.

 

Somente pelo contrato de manutenção, de 2019 até 2022, o GDF aplicou cerca de R$ 17 milhões em recursos nas escolas da região. Neste período, todas as 45 escolas que fazem parte da região foram atendidas com algum serviço pelo contrato de manutenção. Já o somatório de investimentos da região de Samambaia gira em torno de R$ 59,8 milhões.

 

Entrega de obras nas escolas de Samambaia

Governo do Distrito Federal