Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/02/21 às 18h23 - Atualizado em 25/02/21 às 16h53

Cartão Alimentação vale até março

Secretaria de Educação prorroga em um mês prazo para uso do dinheiro entregue às famílias de baixa renda durante a pandemia

 

Málcia Afonso, Ascom/SEEDF

 

Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

Quem ainda não utilizou os cartões Alimentação Escolar e Alimentação Creche tem mais uma chance. O prazo para gastar os créditos, que terminou em 12 de fevereiro, foi prorrogado para 14 de março. A compra de alimentos pode ser feita em qualquer estabelecimento que aceite esta forma de pagamento.

 

De acordo com o Banco de Brasília (BRB), há 6.251 cartões Alimentação Escolar que ainda não foram utilizados, totalizando R$ 7.578.560,78. Em relação ao benefício Creche, são 341 cartões, um total de R$ 407.954,27.

 

Para verificar o valor do crédito, basta telefonar para 3029-8440 ou baixar o aplicativo BRB Card Pré-pago.

 

Segurança alimentar

 

Os programas foram criados em março, no início da pandemia da covid-19, para garantir a segurança alimentar e nutricional dos estudantes durante a suspensão das atividades presenciais. O pagamento foi feito mensalmente e durou até o fim do ano letivo de 2020, que terminou em janeiro de 2021.

 

A Bolsa Alimentação atendeu mais de 106 mil estudantes, cujas famílias fazem parte do Bolsa Família. Para cada refeição (almoço e/ou janta) que fariam na escola, receberam R$ 3,98, definidos conforme o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). O investimento total da Secretaria de Educação chegou a R$ 88.555.187,06.

 

Mais 23 mil crianças matriculadas nas parceiras da Secretaria de Educação tiveram a Bolsa Alimentação Creche. Neste caso, o valor foi fixo, R$ 150 por mês. Nestes onze meses, o programa recebeu R$ 35.128.157,10.