Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/10/19 às 16h14 - Atualizado em 29/10/19 às 18h54

Educação lança consulta pública do Currículo em Movimento das Escolas do Novo Ensino Médio

Implementação ocorrerá no ano que vem em cinco escolas-piloto e em 2022 será estendida para toda a rede pública

 

Málcia afonso, Ascom/SEEDF

 

Estão abertas as inscrições para o evento de lançamento da 1ª Consulta Pública do Currículo em Movimento das Escolas-Piloto do Novo Ensino Médio, que será realizada em dois momentos: abertura em dia 30 de outubro e apresentação das contribuições em 4 de dezembro.

 

A inscrição é única para os dois eventos e pode ser feita clicando no link abaixo:

 

INSCRIÇÃO

 

Podem participar professores, diretores, estudantes, pais e demais profissionais da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEEDF), além de representantes de instituições e outras pessoas interessadas no tema. As vagas são limitadas por segmento. Na ocasião, a SEEDF irá apresentar a proposta do novo modelo de Ensino Médio e realizará a abertura da primeira etapa da consulta pública para o Currículo em Movimento das Escolas-piloto do Novo Ensino Médio.

 

Além destes eventos, será realizado um Fórum de Discussão com as cinco escolas-piloto selecionadas, em dois encontros.

 

As inscrições, exclusivas para as comunidades escolares destas unidades, podem ser feitas clicando no link abaixo:

 

INSCRIÇÃO

 

Construção

 

“Este momento de discussão do currículo é de fundamental importância para que a comunidade escolar e a sociedade definam o que é relevante para a escola, ou seja, quais são as competências, as habilidades e os objetivos de aprendizagem que devem ser alcançados pelos nossos estudantes no Distrito Federal”, destaca o Subsecretário de Educação Básica, Helber Vieira.

 

Ele completa:

 

“Nós temos uma base nacional, mas agora é o momento para dar as cores locais aquilo que esperamos dos nossos estudantes. Espero que haja ampla participação de professores, pais, estudantes e de todos aqueles que querem contribuir para a construção do futuro, um futuro que passa pelas escolas”.

 

Já está definido que o novo modelo de Ensino Médio, instituído por legislação federal, trará uma série de inovações, incluindo o currículo, que deverá passar por adaptações. A proposta pedagógico-administrativa foi apresentada no segundo semestre às escolas que se voluntariaram para atuarem como pilotos. Ao todo, 18 unidades se candidataram. Foram promovidas então reuniões com as respectivas equipes gestoras e comunidades escolares.

 

Foto: Luis Tavares, Ascom/SEEDF

 

Escolas-piloto

 

Posteriormente, foram selecionadas cinco escolas para encampar a proposta como pilotos: CED 03 do Guará; CEM 804 do Recanto das Emas; CEM 03 de Taguatinga; CED 04 de Sobradinho e CEMI – Gama. Além do caráter voluntário de participação, os critérios de seleção, entre outros, foram o mapeamento dos desafios a serem enfrentados, principalmente infraestrutura e gestão de pessoas, e os diferentes tipos de oferta educacional das unidades.

 

A partir de 2021, haverá escolas-piloto em todas as regionais de ensino. Em 2022, o novo currículo será adotado por todas as demais escolas que atendem a esta etapa da Educação Básica na rede pública, totalizando 91 unidades. O projeto poderá sofrer ajustes, conforme a experiência destes pilotos.

 

Nesse contexto, desde 2016, a SEEDF vem promovendo uma série de fóruns de discussão sobre a reformulação do Ensino Médio nas 14 regionais de ensino com a participação de professores e estudantes, que ajudaram na construção da proposta pedagógico-administrativa. A última atualização do currículo do Ensino Médio do DF ocorreu em 2014 com a publicação do Currículo em Movimento.

 

DF

 

O Novo Ensino Médio está previsto na Lei Federal nº 13.415/2017. Outros normativos estratégicos relacionados às mudanças são as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (DCNEM), a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os Referenciais para Elaboração dos Itinerários Formativos e as Notas Técnicas nº 2 e 3 do Conselho de Educação do Distrito Federal (CEDF).

 

No DF, a implementação do Novo Ensino Médio em escolas-piloto, ocorrerá de forma gradual. Em 2020, apenas cinco escolas irão funcionar com o novo modelo, nas turmas de 1º ano. Em  2021, as escolas-piloto serão ampliadas para pelo menos uma escola por Regional de Ensino, e em 2022 todas as 91 escolas da Rede Distrital que atendem a esta etapa trabalharão com essa organização.

 

Em cumprimento ao disposto na legislação federal e distrital, a SEEDF propõe mudanças que buscam ampliar tempos, espaços e oportunidades de aprendizagem aos estudantes, com o objetivo de desenvolver um currículo mais dinâmico, integrado e personalizado, voltado para as potencialidades e necessidades pedagógicas dos discentes. Tais mudanças pretendem criar alternativas que favoreçam os novos processos de ensinar, pesquisar e avaliar, a partir do compartilhamento, entre estudantes e professores, da decisão do que é preciso aprender e de como ensinar.

 

Inovações

 

Uma das principais mudanças do Novo Ensino Médio é o estímulo à participação estudantil e a interdisciplinaridade entre as áreas do conhecimento, possibilitando que o estudante tenha melhores condições de fazer interligações entre os saberes.

 

A carga horária, que hoje é de 3.000 mil horas, será dividida em dois blocos indissociáveis, a Formação Geral Básica (FGB), com 1.800 horas e os Itinerários Formativos (IF) com 1.200 horas.

 

A FGB compreende as aprendizagens essenciais referidas pela BNCC que, obrigatoriamente, devem ser desenvolvidas por todos os estudantes ao longo de todo o Ensino Médio. A organização das aprendizagens na FGB está disposta por áreas do conhecimento devendo promover “o fortalecimento das relações entre os saberes e a sua contextualização para apreensão e intervenção na realidade, requerendo planejamento e execução conjugados e cooperativos dos seus professores” (DCNEM, 2018). As quatro áreas da FGB estão divididas da seguinte forma:

 

• Linguagens e suas Tecnologias (Arte, Educação Física, Língua Inglesa, Língua Espanhola e Língua Portuguesa);

• Matemática e suas Tecnologias (Matemática);

• Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Física e Química);

• Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (História, Geografia, Sociologia e Filosofia).

 

Haverá ainda a oferta de itinerários formativos, de acordo com a disponibilidade da rede de ensino e a realidade de cada escola e comunidade. Quatro deles estão relacionados às áreas do conhecimento e servirão para que o estudante aprofunde aspectos dos temas pelos quais mais se interessar. O quinto itinerário será o da Educação Profissional.

 

Nesse sentido, a reorganização do Novo Ensino Médio passará por mudanças no regime de oferta, na matrícula e na computação da carga horária. Dessa forma, o regime ofertado deixa de ser anual e passa a ser totalmente semestral, com dois momentos de matrícula em componentes/unidades curriculares por ano, nas quais os estudantes não serão matriculados em um bloco de disciplinas fixas, mas farão sua matrícula em componentes curriculares da Formação Geral Básica e nas unidades curriculares dos Itinerários Formativos. A proposta introduz, ainda, o sistema de créditos como unidade de medida das atividades pedagógicas baseadas na carga horária.

 

Ao longo do tempo, os cursos de Licenciatura deverão se adequar aos novos paradigmas, questão que cabe ao Ministério da Educação (MEC) encaminhar. No Distrito Federal, os professores, de imediato, terão acesso à formação continuada.

 

Para saber mais, clique e acesse o site sobre o Novo Ensino Médio

 

______
Serviço:

Evento:

Lançamento da 1ª etapa da Consulta Pública do Currículo em Movimento das Escolas-Piloto do Novo Ensino Médio

 

Vagas:

– 250 para professores e demais profissionais da SEEDF

– 100 para estudantes da rede pública de ensino do GDF

– 80 para representantes de instituições interessadas

– 70 de livre participação

 

Fim do prazo de inscrições:

30/10/2019

 

Data/hora do evento:

30 de outubro e 4 de dezembro de 2019, das 14 às 18h

 

Local:

Auditório do Iesb, SGAS Quadra 613/614, Asa Sul.

 

Inscrições

 

______
Serviço2:

Evento:

Fórum de Discussão para as Escolas-Piloto

 

Participação:

Exclusivo para as comunidades escolares destas unidades

Data/hora: 6 e 11 de novembro, das 8h às 12h, nas escolas

 

Inscrições