Governo do Distrito Federal
3/11/22 às 12h42 - Atualizado em 3/11/22 às 19h38

Escola ganha impressora 3D após vencer torneio de robótica

O grupo participou do projeto Cientik e ganhou o 1º lugar da competição

Tainá Morais, Ascom/SEEDF

 

Quatro estudantes e um professor do Centro Educacional 08 do Gama (CED 08) ganharam uma impressora 3D após vencerem um gameshow de robótica. Por meio do Projeto Cientik, um canal de streaming utilizado para apoiar a educação pública no desenvolvimento das habilidades e competências do futuro, o grupo pôde testar ainda mais o conhecimento adquirido em sala de aula e produziu peças com o auxílio de uma impressora 3D na competição, entre elas um abajur sustentável, que utiliza a energia solar. O item fez com que os alunos ganhassem a competição disputada contra o time de outra escola.

 

Os alunos e professor do CED 08 do Gama venceram a competição do Projeto Cientik | Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

O professor de matemática e robótica da instituição, Maicon Tomaz da Silva, comenta que, durante o campeonato, os alunos chegaram a produzir cerca de sete objetos, mas o mais desafiador foi uma ponte que precisava suportar 30kg. “Tivemos seis episódios com diversas tarefas, mas essa ponte precisou de um estudo até mesmo com professores de outras áreas, como física, para que ela fosse construída da melhor forma”, explica. Faltando 600 gramas para concluir o projeto, a peça desabou.

 

Apesar de não conseguir completar o desafio, isso não impediu o grupo de seguir na disputa já que eles foram o time que chegou mais perto de concluir a ponte. Para o professor Maicon, o objetivo, agora, é trabalhar ainda mais com a tecnologia e focar nessa interação com os estudantes. “Achei o máximo poder me reunir com os alunos e discutir ideias. É uma grande oportunidade para eles colocarem a mão na massa, praticarem exercícios na impressora e, automaticamente, colocarem todo o conhecimento em prática”, ressalta.

 

A impressora 3D que a equipe ganhou para a escola custa R$ 2.470. Agora, a máquina ficará disponível na unidade escolar vencedora para a realização das aulas práticas dos estudantes que participam da oficina e aulas de robótica.

 

Alunos conquistaram uma impressora 3D como prêmio do torneio | Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

Para a aluna do 1º ano, Ana Victória, 17 anos, que já fez curso de robótica e contribuiu na participação da escola no campeonato, o conhecimento adquirido em sala de aula ajudou na hora do contato direto com a máquina. “É uma oportunidade que nós ganhamos. Eu nem sonhava em poder colocar em prática o que aprendi durante três meses de curso. Sem contar na experiência que ganhamos e agora podemos ensinar outros alunos a manusear a impressora.”

 

Por ser uma competição de grande proporção, os alunos e o professor ficaram apreensivos com a concorrência. “Chegamos lá achando que não íamos conseguir, mas foi totalmente o contrário. Nós vencemos outros concorrentes mais fortes e ficamos em primeiro lugar”, destaca a aluna do 9º ano Sofia Mendes, 15 anos.
Governo do Distrito Federal