Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/01/21 às 18h36 - Atualizado em 5/07/21 às 18h56

Obras para todos os lados em 2020 e 2021

Ao longo do ano, obras de maior porte na rede pública de ensino receberam R$ 110 milhões

 

Nathália Borgo – Ascom SEEDF

 

Comunidade da Vila Planalto tem uma de suas principais demandas atendidas: a reconstrução do CEF 01 da Vila Planalto, que está pronto para receber os estudantes. Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

 

A rede pública de ensino do Distrito Federal conta com 686 escolas. Ao longo de 2020, mais de 90% delas receberam alguma obra, desde pequenos reparos até a reconstrução total. No balanço do ano, considerando apenas reformas e obras de maior porte, a Secretaria de Educação despendeu R$ 110 milhões para melhorar a infraestrutura oferecida aos estudantes de 300 escolas. Entre elas, algumas esperadas há anos pela população, como o Centro de Ensino Fundamental 01, da Vila Planalto, a Escola Técnica de Brazlândia e o Centro de Educação Infantil (CEI) Parque dos Ipês, de São Sebastião.

 

Além das obras maiores, a pasta também investiu, em 2020, R$ 42 milhões em serviços de manutenção em 294 unidades, sendo 80 definidas previamente no programa de governo do GDF. Para este ano, a Secretaria de Educação planeja atender 300 escolas com reformas.

 

“Para entregarmos o pedagógico no nível de excelência que os nossos estudantes necessitam, precisamos de uma estrutura física adequada. Pensando nisso, em 2020, praticamente todas as nossas escolas receberam investimentos para manutenção e conservação do seu patrimônio. Também construímos escolas novas, para cumprir com o compromisso do governador Ibaneis de aproximar a sala de aula da residência do estudante. O estudante ganha em lazer, qualidade de vida, capacidade cognitiva, disposição e alegria para aprender”, comemora o secretário de Educação, Leandro Cruz.

 

Cinco grandes obras já foram concluídas e novas escolas estão prontas para receber os estudantes no ano letivo de 2021: o CEPI Papagaio, de Ceilândia; CEPI Cajuzinho, no Lago Norte; CEPI Periquito e o CEPI Bem-te-Vi, de Samambaia, e a Escola Classe Juscelino Kubitschek, no Sol Nascente, em Ceilândia. Nessas construções a pasta investiu mais de R$ 13 milhões.

 

“Estamos dando encaminhamento a todas as escolas emblemáticas que estavam aguardando há muito tempo ou a finalização das obras ou o início delas. Nossa intenção é chegar até março de 2021 com pelo menos 100% da rede com alguma obra dentro da sua unidade escolar. É outra cara para o Distrito Federal. Todos os alunos e servidores, quando retornarem fisicamente às nossas escolas, vão ver que elas estão mais bonitas”, destaca o secretário executivo da pasta, Fábio Sousa.

 

Por serem entregues nos próximos dias, estão os já citados CEF 01, da Vila Planalto, a Escola Técnica de Brazlândia e o CEI Parque dos Ipês, de São Sebastião. Nelas, a Secretaria de Educação alocou recursos na ordem de R$ 27,8 milhões.

 

Em ação

 

No Pôr do Sol, em Ceilândia, a obra de construção do CEPI já está 68% adiantada, com valor estimado em mais de R$ 3,5 milhões. Para a reconstrução do CAIC Castello Branco, no Gama, a secretaria calcula o investimento de mais de R$ 10,4 milhões na obra, que está com 0,2% executado até o momento. Já para a reconstrução da EC 52, de Taguatinga, que contabiliza 28% de execução, a pasta estima o valor total de R$ 8 milhões.

 

Três obras já estão com os contratos devidamente assinados, como a da construção da Escola Técnica de Santa Maria, a reconstrução da EC 59, de Ceilândia, e a obra da EC 203, do Itapoã. O investimento nessas unidades será de pelo menos R$ 26,3 milhões.

 

Mais três tiveram o processo de licitação concluído e esperam somente a assinatura do contrato para início das obras: a construção da Escola Técnica do Paranoá e a reconstrução do CEM 10, de Ceilândia, por mais de R$ 17,3 milhões, além da construção do CEPI da Vila Telebrasília.

 

As reconstruções dos muros do CAIC Júlia Kubitschek e do Centro Educacional 03, em Sobradinho II, mais as construções dos CEPIs da EQ 01/02, do Gama, da Quadra 23 de Planaltina e da Quadra 109 do Recanto das Emas estão com licitações em andamento.

 

Em breve, a Secretaria de Educação vai lançar as licitações para construção dos CEPIs da EQNP 08/12, de Ceilândia, e o do SCIA, na Estrutural, além do CEM do Paranoá Parque, bem como de três unidades do Jardim Mangueiral – um Centro Educacional (ensinos fundamental e médio), um Centro de Ensino Fundamental e uma escola classe (anos iniciais do ensino fundamental). Ainda, vai licitar a reconstrução da EC 410, de Samambaia.

 

img-responsiva

 

 

✹ Tabela atualizada em 25/6/2021

img-responsiva Escola Técnica de Brazlândia

Inaugurada em 9/2/2021

Construção R$ 15.352.696,25
CEI Parque dos Ipês, de São Sebastião

Inaugurado em 25/3/2021

Construção R$ 4.473.480,96
CEF 01, da Vila Planalto

Inaugurado em 25/3/2021

Reconstrução R$ 8.018.625,93
EC 01 Porto Rico, de Santa Maria Reforma R$1.590.020,38
img-responsiva CEPI Papagaio, de Ceilândia
Entregue à comunidade em 2020
Construção R$ 3.060.454,20
CEPI Cajuzinho, do Lago Norte

Entregue à comunidade em 2020

Construção R$ 3.530.111,99
CEPI Periquito, de Samambaia

Entregue à comunidade em 2020

Construção R$ 3.065.234,57
CEPI Bem-Te-Vi, de Samambaia

Entregue à comunidade em 2020

Construção R$ 3.259.567,21
Escola Classe Juscelino Kubitschek,
no Sol Nascente/CeilândiaInaugurada em 13/2/2020
Construção sob a responsabilidade da Organização Paulo Octávio
CEPI Bambu, Samambaia
Entregue à comunidade no 2º semestre de 2019
   
CEPI Azulão
Entregue à comunidade no 2º semestre de 2019
   
img-responsiva CEPI no Pôr do Sol/Sol Nascente, de Ceilândia Construção
85,69 % da obra executados
R$ 3.531.561,68
CAIC Castello Branco, do Gama Reconstrução
8,08 % da obra executados
R$ 10.456.014,24
EC 52, de Taguatinga Reconstrução
48,58 % da obra executados
R$ 8.033.310,99
Escola Técnica de Santa Maria Construção

4,8 % da obra executados

R$ 11.851.515,59
EC 59, de Ceilândia Reconstrução

5 % da obra executados

R$ 6.089.958,68
Escola Técnica do Paranoá Construção

1,7 % da obra executado

R$ 12.300.000,00
CEM 10, de Ceilândia Reforma geral

6,91 % da obra executados

R$ 5.078.233,60 
Muro do CAIC Júlia Kubitscheck, de Sobradinho II Reconstrução do muro

90% da obra executados

R$487.940,15
Muro do CED 03, de Sobradinho Reconstrução do muro 98% da obra executados R$179.442,36
img-responsiva EC 203, do Itapoã Construção R$ 8.389.197,25
img-responsiva CEPI na EQ 01/02, do Gama Construção R$ 15.352.696,25
CEPI na Quadra 109, do Recanto das Emas Construção  
CEPI na EQNP 08/12, de Ceilândia Construção  
img-responsiva CEPI na Quadra 23 da AE 06, de Planaltina Construção  
CEPI na Quadra CL 201 – Lote 1, de Santa Maria
Construção  
EC Jardim Mangueiral, de São Sebastião Construção  
Escola Classe 425, de Samambaia Reconstrução  
CEPI na Quadra 112, do Recanto das Emas
Construção  
CEPI da Vila Telebrasília Construção  
CEPI SCIA, da Estrutural Construção  
EC 410, de Samambaia 
Reconstrução  
CEPI, DVO, Gama Construção  
img-responsiva Ginásio de Badminton no Centro de Ensino Médio Integrado do Cruzeiro Velho Construção  
Escola Técnica localizada na EQNN 14 – Área Especial, de Ceilândia Acessibilidade  
CEM do Paranoá Parque, do Paranoá Construção  
CED Jardim Mangueiral, de São Sebastião Construção  
CEF Jardim Mangueiral, de São Sebastião Construção  
EC 415, de Samambaia Reconstrução  
CEPI, QN 14, AE 01, Riacho Fundo II
CEPI, QN 7, AE 01, Riacho Fundo II
CEPI, QN 09, AE 04, Riacho Fundo I
CEPI, EQ 215/315, Santa Maria
CEPI, Praça de Atividades 04, Jardins Mangueiral
CEPI, Taquari, SHTQ, Lago Norte
CEPI, Quadra 510, Recanto das Emas
CEPI, Quadra 805, Recanto das Emas
CEPI, EQ 05/11, Gama
CEPI, QNP 05, Ceilândia
CEPI, EQ 17/19, Guará
CEPI, Quadra 217, Samambaia
CEPI, QNP 11, Ceilândia
CEPI, Quadra 104, Recanto das Emas
CEPI, QNO 18, Ceilândia
CEPI, QNJ Norte, Taguatinga
CEPI, EQNL 09/11, Taguatinga

 

img-responsivaAcesse o glossário

 

══LEIA TAMBÉM════════════════════════════════════════════════

Virando o Jogo na Educação vem aí

 Pdaf, 39% superior em 2020, é o maior da história

 Serão investidos R$ 112,6 milhões na expansão de escolas da rede pública