Governo do Distrito Federal
11/03/22 às 17h34 - Atualizado em 6/10/22 às 18h47

… vem aí a grande prova

Diagnóstico Inicial 2022 vai identificar nível dos estudantes em Língua Portuguesa e Matemática

Thaís Rohrer, Ascom/SEEDF

 

Estudantes da rede pública farão provas de Língua Portuguesa e Matemática para identificar saberes e as fragilidades de aprendizagem

 

Tudo pronto para o Diagnóstico Inicial 2022, marcado para as próximas terça (15) e quarta-feiras (16). Nesses dias, os estudantes das escolas públicas do 2º ao 9º ano do ensino fundamental, das três séries do ensino médio e, pela primeira vez, também os matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA) farão provas preparadas especialmente para saber como está o nível de conhecimento deles em Língua Portuguesa e Matemática.

 

O conteúdo das provas observará as habilidades esperadas para cada respectivo ano/série, de acordo com o Currículo em Movimento do Distrito Federal. As questões a serem respondidas foram cedidas pelo Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação – CAEd.

 

Serão avaliados 387 mil estudantes. Não haverá notas individuais para o teste. Nem as escolas ficarão sabendo o resultado umas das outras. Na sexta-feira (18), a Subsecretaria de Educação Básica (Subeb) já terá o resultado e, a partir dele, irá implementar a Política de Recomposição das Aprendizagens. O nível de cada uma das turmas avaliadas será analisado e, em seguida, os estudantes receberão o reforço que precisam.

 

Digamos que uma turma do matutino do 7º ano de uma escola classe de Taguatinga fez a prova. Essa prova foi elaborada para medir se eles dominam o que se espera de um estudante que concluiu o 6º ano. Se o resultado mostrar que eles não conseguem entender o texto que lêem, então para eles será feito um reforço específico de leitura”, explica a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. Esse tipo de intervenção poderá ser feito para uma turma, para uma escola, para todo um segmento ou para uma regional de ensino do DF.

 

A subsecretária de Educação Básica, Solange Foizer, reitera a importância da avaliação. “É momento de estarmos de mãos dadas para identificar como está o nosso estudante. Na educação, o diagnóstico é primordial para que o professor planeje, de modo intencional, suas aulas que irão recompor as aprendizagens dos estudantes. Temos que incentivar que todos participem”, frisa.

 

As provas serão aplicadas também em braille, com intérprete de Libras, ledor e transcritor, de forma que atenda inclusive aos estudantes com deficiência.

 

Pela primeira vez, os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) também participarão. “Temos que ver se os alunos que não tiveram a oportunidade de frequentar a escola na idade regular e que hoje estão na Educação de Jovens e Adultos estão aprendendo. Se eles estão lendo, escrevendo, calculando, melhorando sua proficiência acadêmica de modo a ser um melhor profissional. O aluno não pode sair apenas com uma alfabetização funcional”, avalia Solange Foizer.

 

Público-alvo

 

O Diagnóstico Inicial 2022 contemplará estudantes matriculados nas seguintes etapas e modalidades:

↳ Ensino Fundamental: 2º ao 9º ano.

↳ Ensino Médio: 1ª a 3ª série.

↳ EJA: 1º segmento (2ª, 3ª e 4ª etapas), 2º e 3º segmentos (todas as etapas).

↳ EJA interventiva

 

Avaliação

 

O Diagnóstico Inicial 2022 foi organizado entre a Subsecretaria de Educação Básica (Subeb), Subsecretaria de Educação, Planejamento, Acompanhamento e Avaliação (Suplav) e Subsecretaria de Educação Inclusiva e Integral (Subin) da SEEDF.

 

As provas serão aplicadas presencialmente nos dias 15 e 16 março nas unidades de ensino. Em casos excepcionais, a aplicação poderá ocorrer nos dias 17 e 18 de março.

 

Resultado

 

img-responsiva A partir do dia 18 de março, os resultados estarão disponíveis primeiramente para as Coordenações Regionais de Ensino.

 

LINK ATIVO A PARTIR DE 18/3
  RESULTADO 

 

img-responsiva Após essa data, cada unidade escolar poderá visualizar exclusivamente o seu relatório no sistema para verificar como foi o desempenho de cada turma.

 

 

 

 

 

 

 

Governo do Distrito Federal