Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/01/22 às 15h22 - Atualizado em 6/01/22 às 15h33

Criatividade para 2022

Recém empossados da carreira magistério recebem formação para enriquecer sala de aula

Thaís Rohrer | Ascom/SEEDF

 

Os estudantes da rede pública serão recebidos pelos novos professores da carreira magistério cheios de informações e novidades para o ano letivo de 2022. Os docentes participaram de três dias de capacitação na Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (Eape), de 4 a 6 de janeiro.

 

A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, participou do encerramento das oficinas formativas e deixou um recado para os servidores que ingressaram na rede pública recentemente.

 

Minha grande alegria foi empossá-los e agora é ver que vocês estão na Eape se aperfeiçoando com objetivo maior de fazer o melhor para nossos estudantes. O ano de 2022 será muito importante para a recomposição das aprendizagens dos estudantes que ficaram 511 dias consecutivos afastados do ambiente escolar. É na sala de aula que realmente acontece o processo de aprendizagem. Vocês serão esse canal para que o conhecimento chegue até o aluno”, destaca a Hélvia Paranaguá.

 

Caracterizadas com chapéus ou adereços na cabeça, vários professores participavam de oficinas de Metodologias Ativas na educação. Essa foi uma das formações propostas pela Eape nesta semana. A ideia foi mostrar aos professores como utilizar elementos criativos e fantasias para deixar as aulas mais lúdicas e criativas.

 

Marcela Souto e Maria Luíza Souza mostram que a criatividade na educação também é importante. Foto: Álvaro Henrique | Ascom/SEEDF

 

As docentes Marcela Souto e Maria Luíza Souza entraram na brincadeira com objetivo de aprender o máximo de informações para deixar o ensino sempre atrativo.

 

Achei bem importante esses dias com as oficinas. Foram muitas informações que nos são necessárias aprender sobre a rede pública, que tem uma dimensão enorme. Além disso, temos um compromisso social bem importante com a formação dos estudantes”, frisa Marcela. Ela vai lecionar na Escola Classe Alto Interlagos.

 

Maria Luíza conta a importância das oficinas e como está a expectativa para o início das aulas. “Estou aberta a receber todas as informações que nos disponibilizarem. Esse momento foi relevante para nos situarmos de como é a rede. Estou me preparando para o início do ano letivo estudando os documentos da Secretaria e as legislações sobre educação”, conta a professora, que atuará na Escola Classe 11 de Sobradinho.

 

Secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, encerra terceiro dia de oficinas. Foto: Álvaro Henrique | Ascom/SEEDF

 

Recursos Digitais na Educação

 

A oficina Metodologias Ativas também mostrou possibilidades que vão além da pedagogia tradicional que já é aplicada em sala de aula. Os professores aprenderam a incluir ferramentas tecnológicas no dia a dia da sala da aula, como a utilização do Google Photos e vídeos como recurso didático.

 

Em fevereiro, a Eape vai abrir uma turma de formação para a capacitação de professores em Recursos Digitais na Educação. Nesse curso, os professores terão uma abordagem mais completa de ferramentas e metodologias digitais aplicadas ao ensino.