Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/05/21 às 15h38 - Atualizado em 24/05/21 às 16h05

Escolas vão receber termômetros para aferição de temperatura

Medida faz parte do protocolo de segurança sanitária para o retorno das atividades presenciais

 

Málcia Afonso, Ascom/SEEDF

 

Em meia hora, com um termômetro, é possível medir a temperatura de 180 pessoas. Foto: Álvaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

Todas as 686 unidades escolares da rede pública do Distrito Federal vão receber termômetros para aferição da temperatura de seus estudantes. Também serão contempladas as 14 regionais de ensino e as três sedes administrativas da Secretaria de Educação.

 

O edital do pregão eletrônico para a compra de 2.542 termômetros digitais infravermelhos foi publicado no Diário Oficial do DF desta segunda-feira, 24. A medida faz parte do protocolo de segurança sanitária para o retorno das atividades presenciais, previsto para agosto, em data a ser anunciada pela Secretaria de Educação do DF.

 

O valor total estimado da aquisição é de R$ 332,6 mil. As propostas já podem ser enviadas e a abertura está marcada para 4/6, às 9h.

 

Para chegar ao quantitativo por unidade escolar, foi considerado o tempo de 5 segundos para aferição da temperatura de cada um e mais 5 segundos de margem. Assim, em meia hora, com um termômetro, é possível medir a temperatura de 180 pessoas. Quanto maior o número de estudantes, mais termômetros a escola receberá.

 

Leia também:
Começa vacinação da educação
Saiba tudo sobre a vacinação
Segurança para a volta às aulas presenciais

Somente no ensino regular, a rede pública tem 452 mil estudantes, de acordo com dados do i-Educar. O montante a ser adquirido é suficiente ainda para atender professores, servidores da carreira assistência, trabalhadores terceirizados e os demais que precisam circular nos ambientes escolares, além daqueles que atuam nas regionais de ensino e sedes administrativas – um público estimado em 50 mil pessoas.

 

O cronograma e a forma de entrega às unidades será divulgado posteriormente.